Cruzeiro

CRUZEIRO

Em vídeo, Henrique, do Cruzeiro, agradece orações e diz que acidente foi 'um grande susto'

Volante usou as redes sociais para agradecer o carinho do torcedor celeste

postado em 08/07/2020 12:47 / atualizado em 08/07/2020 14:45

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
O volante Henrique, do Cruzeiro, agradeceu as orações e mensagens de carinho dos torcedores celestes depois de acidente automobilístico sofrido no último dia 26 de junho, em área próxima ao Mirante do Jatobá, no Parque Estadual do Rola Moça, na zona rural de Brumadinho.
 
 
 
“Estou aqui para agradecer as orações, as mensagens positivas e dizer que foi um grande susto tudo que aconteceu. Meu muito obrigado pelas orações e mensagens, logo logo estaremos juntos novamente. Eu estou aqui me recuperando. Logo estaremos juntos, Deus abençoe a vocês e retribua em dobro, um grande abraço”, disse o jogador.
 
Essa foi a primeira manifestação pública de Henrique desde o ocorrido. O volante recebeu alta médica no dia 29 de junho e já começou a fazer os primeiros treinamentos em casa sob acompanhamento de profissionais do Cruzeiro.

Superintendente médico do clube, Daniel Baumfeld disse que o processo de recuperação física do jogador tem sido feito de maneira cuidadosa. Ele ainda ressaltou que Henrique tem evoluído bem.
 
“Começamos essa semana com uma informação excelente. Henrique tem evoluído extremamente bem do trauma sofrido e está sendo auxiliado por profissionais do clube em sua casa, para que a recuperação aconteça com total controle, visto que o atleta ainda permanece com os pontos. Ele também está sendo acompanhado pelos médicos do Cruzeiro em relação às partes nutricional e física e por todos os companheiros de equipe, que esperam sua evolução completa para que ele volte a estar em campo com os demais jogadores”.

Emprestado ao Fluminense no primeiro semestre, Henrique alegou “questões pessoais” para solicitar o retorno ao Cruzeiro, do qual é o oitavo jogador com maior número de partidas - 516. De 2008 a 2011 e desde 2013, o volante de 35 anos marcou 27 gols e ganhou 10 títulos: seis Mineiros (2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014). Em 2019, ele viveu a maior frustração pelo clube: o rebaixamento à Série B.
 
 

O acidente 

O carro que Henrique dirigia, um modelo da Land Rover, caiu de uma altura de 200 metros em área próxima ao Mirante do Jatobá, no Parque Estadual do Rola Moça, na zona rural de Brumadinho. O acidente aconteceu por volta das 17h30.



Ao todo, 16 bombeiros participaram da operação, que durou cerca de cinco horas. Também havia militares e brigadistas do Parque Estadual do Rola Moça prestando assistência. A operação para salvar o jogador contou com descida de rapel. 
 
Em entrevista ao Superesportes no dia 27 de junho, Tiago Costa, capitão do Corpo de Bombeiros, disse que Henrique deu muita sorte ao escapar praticamente ileso do acidente.

“Foi uma operação de nível alto de dificuldade, sem dúvida. Chama atenção (Henrique ter saído com poucos ferimentos), porque a possibilidade de sair vivo e com poucas lesões de um acidente deste é realmente algo inesperado, é pequena”.

De acordo com o militar,  o nível de segurança do veículo evitou uma tragédia ainda maior. “A segurança do carro foi um fator relevante para ele não ter morrido”.

Tags: acidente henrique serieb interiormg futnacional cruzerioec