Cruzeiro

CRUZEIRO

Reforço do Cruzeiro, Giovanni fala de condição física e garante facilidade para jogar em até três posições

Lateral-esquerdo que estava no Bahia ainda exaltou oportunidade de atuar pelo 'Rei de Copas', como ele mesmo chamou a equipe celeste

postado em 25/07/2020 14:50 / atualizado em 25/07/2020 14:56

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Reforço do Cruzeiro para a lateral esquerda, Giovanni foi apresentado neste sábado com uma entrevista aos canais oficiais do clube. Ele exaltou a oportunidade de jogar no ‘Rei de Copas’ e garantiu que deverá ficar à disposição de Enderson Moreira o mais rápido possível, uma vez que participou da preparação do Bahia, seu ex-clube, ao longo deste mês.

“Muito feliz de vestir a camisa desse gigante, conhecido como Rei de Copas. Para mim é uma sensação única. Quando surgiu a oportunidade de vestir essa camisa eu não pensei duas vezes. Para mim vai ser muito importante essa passagem por aqui e espero que eu possa fazer por merecer vestir essa camisa”, disse.

“Creio que o mais rápido possível (ficará à disposição para jogar). Eu estava treinando normalmente no Bahia. Voltamos um pouco depois aos treinos em relação ao Cruzeiro, estávamos treinando lá há um mês. Quando tiver dentro de campo a gente vai entrosando, ganhando ritmo nos treinos com bola, e jogos, consequentemente. O quanto antes a gente ficar pronto para jogar”, complementou.

Velho conhecido de Enderson Moreira, com quem trabalhou no Fluminense e no América, Giovanni também garantiu que poderá servir o Cruzeiro em até três posições. Ele lembrou que, sob o comando do atual técnico celeste, ele já desempenhou funções de lateral, meio-campo e até ponta pela esquerda. 

“Tenho a facilidade de jogar em duas ou três funções pelo lado esquerdo. Já atuei como lateral, extremo, até como terceiro homem de meio-campo. É uma característica minha. Ele (Enderson) tem um estilo de jogar que dá oportunidade para o lateral atacar, ter essa fase ofensiva mais aguda, até por dentro, como segundo atacante”, disse.

Trajetória


Irmão de Emerson Palmieri, do Chelsea, da Inglaterra, Giovanni iniciou a carreira no Noroeste, do interior de São Paulo, e passou por equipes como Botafogo-SP, Guaratinguetá-SP e Criciúma, antes de chegar ao Fluminense, em 2015.

Em maio de 2017, ele foi contratado pelo América por indicação de Enderson Moreira. O lateral disputou 17 jogos na Série B e marcou dois gols - vitórias sobre ABC, no Independência (1 a 0), pela 34ª rodada, e Figueirense, no Orlando Scarpelli (2 a 1), pela 35ª rodada. Os resultados tiveram peso importante para o time conquistar o título da segunda divisão nacional, com 73 pontos, dois a mais que o vice-campeão Internacional.

Em 2018, Giovanni defendeu o Coelho em toda a temporada e conseguiu, mais uma vez, repetir a fama de lateral artilheiro. Em 35 jogos, marcou cinco gols - dois no Mineiro e três no Brasileiro. Em 2019, ele disputou 20 partidas - dez pela Ponte Preta (Paulista, Copa do Brasil e Série B) e dez a serviço do Bahia (Série A).

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional mercadobola