Cruzeiro

CRUZEIRO

Em início de trabalho, Enderson não consegue montar Cruzeiro 'intragável' e fracassa no plano de 'G4 em dez rodadas'

Time celeste sofreu nova derrota na Série B, desta vez para o Brasil-RS

postado em 03/09/2020 06:00 / atualizado em 03/09/2020 02:51

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Nada saiu como planejado no início de trabalho do técnico Enderson Moreira no Cruzeiro. Durante a intertemporada, cercado de muita expectativa pela reestreia celeste, o treinador deu duas declarações com projeções otimistas para a sequência do ano. A primeira, de que montaria um time “intragável” para os adversários. A segunda, de que a Raposa poderia ficar “até dez rodadas” fora do G4 da Série B. Nenhuma delas se confirmou até aqui.

“Isso pode durar dez rodadas”


Declaração de Enderson Moreira em 17 de julho em transmissão feita pelo canal do Cruzeiro no Youtube. Ele afirmou que presença fora do G4 poderia durar "até dez rodadas". Assista ao vídeo:

 

Com a derrota do Cruzeiro por 1 a 0 para o Brasil de Pelotas, nessa quarta-feira, no Rio Grande do Sul, o time celeste fechou a 7ª rodada da Segunda Divisão na 16ª colocação, uma acima da zona de rebaixamento. Com quatro pontos somados (o clube precisou pagar seis da punição na Fifa), não é mais possível ao Cruzeiro alcançar o G4 da competição até a décima rodada.

Se vencer os dois próximos compromissos, contra CRB e Vitória, ambos no Mineirão, o time celeste chegará aos 10 pontos. Atual quarta colocada, a Chapecoense, que tem um jogo a menos no torneio, já soma 13. Desta forma, o planejamento de Enderson precisará ser revisto nos próximos dias. Durante suas entrevistas após os resultados ruins, ele tem defendido que o importante do G4 é como ele estará ao fim da Série B e não agora, na 7ª ou na 10ª rodada.

“Vamos montar um time intragável”


Declaração de Enderson Moreira em 4 de julho durante reunião com jogadores do Cruzeiro na Toca II. O conteúdo foi mostrado pelo clube em seu canal do Youtube. Assista ao vídeo:


Não bastassem os resultados ruins, o desempenho dentro de campo também é longe do que era esperado por dirigentes do Cruzeiro - que projetaram a confirmação do acesso antes de 2 de janeiro - e da torcida. Enderson vê evolução no time, mas a realidade é que a equipe celeste não vem conseguindo manter ritmo de um tempo para outro ou apresentar ações efetivas durante os jogos.

Embora o objetivo fosse ser ‘intragável’, o Cruzeiro não conseguiu ser superior a times de orçamentos muito mais modestos, casos de Confiança e Brasil de Pelotas. A equipe do Sul do país, por exemplo, havia vencido apenas cinco de seus últimos 30 jogos disputados. O Xavante conquistou o primeiro triunfo na Série B ao derrotar a Raposa no estádio Bento Freitas. 

Não conseguiu visualizar os vídeos desta reportagem? Clique aqui!

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Enderson Moreira