Cruzeiro

CRUZEIRO

Matheus Pereira se salva na derrota do Cruzeiro para o CSA e é premiado com gol

Lateral foi o jogador que mais finalizou na partida deste sábado

postado em 19/09/2020 23:33 / atualizado em 20/09/2020 16:53

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Com muitas falhas na bola aérea, o Cruzeiro perdeu para o CSA por 3 a 1, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e permaneceu na parte de baixo da classificação da Série B, em 15º lugar, com oito pontos. Os três gols do time da casa foram marcados de cabeça: os zagueiros Cleberson e Alan Costa, no primeiro tempo, e o atacante Pedro Lucas, na etapa final. O lateral-esquerdo Matheus Pereira, de 19 anos, anotou o tento celeste após tabelar com o atacante Roberson e bater cruzado no canto esquerdo de Matheus Mendes.

Além do gol, Matheus Pereira participou de outros lances que o credenciaram como destaque cruzeirense na partida. Ele foi o recordista em finalizações, com cinco tentativas. Uma delas, aos 35min do primeiro tempo, obrigou o goleiro Matheus Mendes a espalmar para cima.

O lateral também buscou bastante a linha de fundo, com oito cruzamentos, e acertou 71 de 86 passes (83% de aproveitamento). Se o restante da equipe estivesse em noite tão inspirada quanto a do camisa 37, a Raposa poderia ter sorte melhor no confronto da 10ª rodada.

Depois do jogo, em entrevista à TV Cruzeiro, Matheus Pereira lamentou os equívocos da defesa, mostrou-se contente com o primeiro gol pelo time principal e frisou a necessidade de buscar vitórias consecutivas no Mineirão contra Avaí, na próxima sexta-feira (25), e Ponte Preta, na terça-feira da outra semana (30). 

“Perdemos muitas chances aqui e tomamos dois gols de falhas. Dois gols de bola parada. Agora é concentrar para os dois jogos em casa e fazer seis pontos”, disse. “Fico feliz pela minha atuação. Queríamos a vitória, infelizmente ela não veio. Estou feliz pela minha atuação, mas triste pela derrota”, complementou.

Na última terça-feira (15), o Cruzeiro ampliou o contrato de Matheus Pereira, que terminaria em junho de 2021, para junho de 2023. O prata da casa assumiu a titularidade em função das más atuações de João Lucas, Patrick Brey e Giovanni - todos colocados fora dos planos do clube.

Para reforçar o setor, o clube precisa resolver uma pendência na Fifa que impede o registro de novas contratações. O motivo é uma dívida de 1.159.786,31 euros (cerca de R$ 7 milhões) com o Zorya, da Ucrânia, referente à compra dos direitos econômicos do atacante Willian, em julho 2014.

O Cruzeiro só se livrará do transfer ban se quitar integralmente o débito ou ter o recurso aceito na Fifa. A diretoria afirmou na última terça-feira que uma perícia concluiu a autenticidade dos e-mails do Zorya aceitando a proposta de parcelamento de 1 milhão de euros em dez vezes e cedendo os créditos ao Alik Football Management, da Estônia. Os ucranianos contestaram esse acordo à entidade máxima do futebol.

Tags: gol Cruzeiro lateral-esquerdo serieb interiormg futnacional Matheus Pereira