Cruzeiro

CRUZEIRO

Ney Franco explica saída de Arthur Caíke no Cruzeiro; Daniel Guedes retorna após quase um ano

Time celeste acabou derrotado por 3 a 1 para o CSA neste sábado

postado em 20/09/2020 01:03

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Aos 37 minutos do jogo que acabou com a derrota do Cruzeiro por 3 a 1 para o CSA, no Rei Pelé, Ney Franco realizou uma alteração no mínimo inesperada. Já perdendo por 2 a 0, ele tirou o atacante Arthur Caíke para promover a estreia de Daniel Guedes. Rafael, que realizava a função na lateral direita, avançou para trabalhar como um extremo. Após a partida, o treinador explicou que Caíke sentiu um desconforto muscular.

“O Caíke ainda no primeiro tempo sentiu uma lesão muscular. A gente foi nas opções que a gente tinha. Eu trabalhei muito com uma experiência que o Rafael teve em um jogo passado, de trabalhar na frente. Eu aproveitei para colocar o Daniel Guedes em campo, que é um lateral, e coloquei o Rafael para frente, jogar como atacante. Foi uma substituição de ordem física. Por a gente não ter nenhum jogador com característica de velocidade no banco, eu optei por fazer uma substituição pelo Rafael. Foi dessa forma”, explicou o treinador.

Escolhido por Ney Franco entre os jogadores à disposição, Daniel Guedes voltou a atuar após 363 dias. Seu último jogo havia sido em 22 de setembro de 2019, ainda pelo Goiás. O lateral-direito passou um processo desgastante, em que precisou provar que não havia utilizado uma substância proibida. Ele acabou absolvido pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem apenas em 12 de agosto de 2020.

Em entrevista aos veículos oficiais do clube, após o jogo, Daniel destacou a felicidade de retornar aos gramados após um período de muitas dificuldades, mas lamentou a nova derrota do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Triste pela derrota, feliz pela volta. Não foi da forma que eu queria, mas o futebol é assim. Precisamos ter consciência de que essa é uma competição que requer muita disputa, entrega. Eu também estou sem ritmo, foi meu primeiro jogo depois de um ano, tentamos fazer algumas jogadas, mas com muita dificuldade. Mas vou readquirindo a força que tinha antes, a potência, com muito treinamento”, disse.

O próximo rival do Cruzeiro na Série B é o Avaí. O duelo diante dos catarinenses está marcado para sexta-feira, às 21h30, no Mineirão. Ney Franco volta a ter à disposição o atacante Marcelo Moreno, que cumpriu suspensão em Alagoas.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional