Cruzeiro

CRUZEIRO

Fábio pega mais um chute de Renato Cajá e chega à 31ª defesa de pênalti no Cruzeiro

Goleiro repetiu feito de 2010, quando impediu gol de meia-atacante

postado em 16/10/2020 23:25 / atualizado em 18/10/2020 00:28

(Foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press)
O goleiro Fábio teve papel importante no Cruzeiro no empate por 0 a 0 com o Juventude, nesta sexta-feira, no Mineirão, pela 16ª rodada da Série B. Aos 7 minutos do primeiro tempo, ele caiu no canto direito e defendeu pênalti cobrado por Renato Cajá, armador da equipe de Caixas do Sul.


A falta dentro da área foi cometida pelo lateral-direito Rafael Luiz, que tocou o braço na bola ao tentar cortar um cruzamento. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva assinalou a infração após ser alertado pelo auxiliar número um, Márcio Gleidson Correia Dias.

Não foi a primeira vez que Fábio pegou um pênalti de Renato Cajá. Há dez anos, os dois se enfrentaram em Cruzeiro x Botafogo, em 26 de maio, pela quarta rodada do Brasileirão de 2010. O camisa 1 pulou no canto esquerdo e espalmou a finalização do meia aos 44min da etapa inicial. O gol da vitória azul foi anotado por Thiago Ribeiro, aos 18min.

Aos 40 anos, Fábio alcançou a 31ª defesa em 902 jogos pelo Cruzeiro (veja a lista no fim da nota). As mais emblemáticas ocorreram em disputa por pênaltis no bicampeonato consecutivo da Copa do Brasil.

Em 2017, ele venceu os embates contra Luan, do Grêmio, na semifinal; e Diego, camisa 10 do Flamengo, na decisão. Em 2018, segurou as cobranças de Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota, contra o Santos, nas quartas de final.

Antes de enfrentar o Juventude, o ídolo celeste recebeu uma camisa do presidente Sérgio Santos Rodrigues em homenagem à 900ª partida, atingida no revés para o Sampaio Corrêa, em 8 de outubro (quinta-feira), em Belo Horizonte.


Apesar da intervenção de Fábio, o empate no Mineirão teve sabor amargo para o Cruzeiro, que pressionou no segundo tempo e esteve perto de fazer gol em cabeceios de Marcelo Moreno e Ramon. Com o resultado, a equipe se manteve na zona de rebaixamento da Série B (19º), com 13 pontos.

Na terça-feira, às 21h30, a Raposa enfrentará o Operário, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, no interior do Paraná. O jogo da 17ª rodada marcará a reestreia do técnico Luiz Felipe Scolari, que aceitou o desafio de recuperar o clube no campeonato e assinou contrato até dezembro de 2022.


Lista dos pênaltis defendidos por Fábio no Cruzeiro:


1 – Sandro (Paraná)
Campeonato Brasileiro 2005

2 – Diego Marangon (Nacional-AM)
Copa do Brasil 2006

3 – Nilmar (Internacional)
Campeonato Brasileiro 2008

4 – Sergio Blanco (Nacional-URU)
Torneio de Verão 2009

5 – Juan (Flamengo)
Campeonato Brasileiro 2009

6 – Ronaldo (Corinthians)
Campeonato Brasileiro 2009

7 – Thiago Pereira (Caldense)
Campeonato Mineiro 2010

8 – Thiago Pereira (Caldense)
Campeonato Mineiro 2010

9 – Renato Cajá (Botafogo)
Campeonato Brasileiro 2010

10 – Bruno César (Corinthians)
Campeonato Brasileiro 2010

11 – Medina (Tolima-COL)
Copa Libertadores 2011

12 – Luís Fabiano (São Paulo)
Campeonato Brasileiro 2011

13 – Fábio Júnior (América)
Campeonato Mineiro 2012

14 – Luís Fabiano (São Paulo)
Campeonato Brasileiro 2012

15 – Ronaldinho Gaúcho (Atlético)
Campeonato Brasileiro 2012

16 – Fred (Fluminense)
Campeonato Brasileiro 2013

17 – Lucão* (São Paulo)
Copa Libertadores 2015

18 – Luís Fabiano* (São Paulo)
Copa Libertadores 2015

19 – Diego Renan (Vitória)
Copa do Brasil 2016

20 – Luan* (Grêmio)
Copa do Brasil 2017

21 – Diego* (Flamengo)
Copa do Brasil 2017

22 – Bruno Henrique* (Santos)
Copa do Brasil 2018

23 – Rodrygo* (Santos)
Copa do Brasil 2018

24 – Jean Mota* (Santos)
Copa do Brasil 2018

25 – Luan (Grêmio)
Campeonato Brasileiro 2018

26 – Ricardo Bueno (Ceará)
Campeonato Brasileiro 2019

27 – João Pedro* (Fluminense)
Copa do Brasil 2019

28 – Yago Pikachu (Vasco da Gama)
Campeonato Brasileiro 2019

29 – Diogo Peixoto (Uberlândia)
Campeonato Mineiro 2020

30 – Yuri Almeida (Boa)*
Copa do Brasil 2020

31 – Renato Cajá (Juventude)
Série B 2020

*9 defesas em disputas por pênaltis

Tags: pênalti defesa Cruzeiro serieb interiormg futnacional Fábio Renato Cajá