Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Grupo prepara ação na Justiça para tentar cancelar eleição de conselheiros natos no Cruzeiro

Pleito foi marcado por Paulo César Pedrosa para o próximo dia 5

postado em 26/10/2020 18:29

(Foto: Igor Sales/Cruzeiro)
Um grupo de associados e conselheiros do Cruzeiro buscará na Justiça o cancelamento da eleição de natos, marcada para o próximo dia 5. A tutela cautelar incidental, termo técnico do pedido, será feita até o fim da manhã desta terça-feira, conforme garantiram integrantes do grupo ao Superesportes

O pedido será parte de um processo que já corre na Justiça desde o fim de 2017, quando associados questionaram a forma que se deu a eleição de conselheiros efetivos e suplentes naquele ano. Em meados de 2019, o pleito foi anulado. A decisão só está suspensa em função de um recurso ajuizado pela administração Wagner Pires de Sá.

Na nova parte do processo, o grupo alega que não há como ter eleição para conselheiros natos em um colégio que está sob júdice. Ou seja, efetivos poderiam ser tornar natos na eleição do próximo dia 5 e, mais à frente, após uma nova decisão da Justiça, terem um mandato de efetivo cancelado pela Justiça

Também está nos planos deste grupo uma nova ação, iniciada do zero, com outros argumentos, para solicitar o cancelamento da eleição. Ex-superintendente de Relações Institucionais e Governamentais da gestão Sérgio Santos Rodrigues, o deputado estadual Leo Portela se colocou à disposição para assinar essa ação. 

Organizadas e movimentos independentes da torcida do Cruzeiro convocaram, para a tarde desta terça-feira, uma manifestação na Praça Sete de Setembro, no Hipercentro de Belo Horizonte, pedindo o cancelamento da eleição. 

Na última sexta-feira, ele garantiu à reportagem a realização do encontro “sem alterações” de planos. Ao portal Deus me Dibre, nesta segunda, ela reafirmou a realização e disse que só cancelará o evento em caso de judicialização.

Se realizada, a eleição do próximo dia 5 contará com a participação dos conselheiros beneméritos e natos. O voto será secreto, ocorrendo por meio de cédulas com os nomes dos candidatos inscritos antecipadamente.

Logo após o término da eleição, será feita a apuração dos votos. Os candidatos mais votados serão eleitos. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo, serão preenchidas quase 70 vagas de conselheiros natos.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional