Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Cruzeiro oficializa rescisão do contrato de Pedro Bicalho

Clube alegou ato de indisciplina e dispensou jogador de 19 anos

postado em 12/11/2020 16:44 / atualizado em 12/11/2020 16:59

(Foto: Paulo Filgueiras/EM D.A Press)
A rescisão do contrato de Pedro Bicalho com o Cruzeiro foi publicada no Boletim Informativo Diário da CBF na tarde desta quinta-feira (12). Desta forma, o jogador de 19 anos, dispensado por ato de indisciplina no último sábado (7), não tem mais ligação com o clube celeste.

Poucos dias antes de ser desligado, Pedro Bicalho mantinha conversas para renovar com o Cruzeiro. Segundo o UOL, o volante estenderia o vínculo original, com vencimento em abril de 2021, por mais três temporadas.

Entretanto, as conversas foram encerradas em razão de um episódio envolvendo o atleta depois da derrota por 2 a 1 para a Chapecoense, em Chapecó (SC), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20.

Bicalho teria levado mulheres ao hotel onde a delegação estava concentrada em companhia de outros colegas: o zagueiro Gabriel Medina, o lateral-direito Israel, os meias Guilherme Liberato e Choco e o atacante Alexandre Jesus.

Choco e Gustavo Medina, que estavam emprestados ao Cruzeiro, foram devolvidos aos seus clubes de origem, Alverca de Portugal e Ferroviária-SP. Guilherme Liberato, Alexandre Jesus e Israel, de acordo com o Cruzeiro, receberam advertências e estão afastados até que uma decisão seja tomada pela diretoria.

“Tomamos uma atitude que pode ser controversa para muitos, para nós não. Abrimos mão de cinco titulares do time sub-20 do Cruzeiro em razão de gravíssima indisciplina praticada contra a instituição, após uma derrota, o que é ainda mais agravante”, disse o presidente Sérgio Santos Rodrigues na ocasião.

De acordo com o portal Deus Me Dibre, Pedro Bicalho recebeu sondagens de Atlético e Palmeiras. Em 2020, o volante foi utilizado no time principal do Cruzeiro durante Campeonato Mineiro e Copa do Brasil. Em seis partidas, marcou um gol - na vitória por 2 a 1 sobre o Uberlândia, em 1º de março, pelo estadual.

Tags: volante Cruzeiro indisciplina interiormg futnacional mercadobola Pedro Bicalho