Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro recusou proposta cinco vezes maior do que valor pago para contratar o reserva Claudinho, diz presidente

Sérgio Santos Rodrigues justificou a decisão de não vender o jogador, que não marcou gols em 12 jogos pelo time: 'A gente sabe que ele vai melhorar'

postado em 02/12/2020 14:59

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues disse ter recusado uma proposta de valor cinco vezes maior do que o clube pagou para contratar o meia-atacante Claudinho, de 20 anos. A diretoria celeste nunca confirmou publicamente, mas investiu R$ 3 milhões, com auxílio de parceiros, por 70% dos direitos econômicos do ex-jogador da Ferroviária-SP.

Portanto, a proposta recebida pelo reserva do time do técnico Luiz Felipe Scolari seria de R$ 15 milhões, segundo os cálculos do mandatário. Sérgio Rodrigues citou os casos de Claudinho e do atacante Airton, de 21 anos, para exemplificar investimentos que, segundo ele, deram certo nesta temporada.

“Eu já tive proposta para vender o Claudinho por cinco vezes o que nós pagamos, só que nós não vamos vendê-lo agora, porque a gente sabe que ele vai melhorar. O Airton, então, nem se fala. Se a gente fizer uma média do que a gente ganhou com os acertos, te garanto que é infinitamente mais do que o que a gente perdeu com os erros”, afirmou, em entrevista à Band na tarde desta quarta-feira.

Claudinho foi anunciado como reforço do Cruzeiro em 10 de julho, após um início promissor de carreira com a camisa da Ferroviária-SP. De lá para cá, disputou 12 jogos com a camisa celeste - apenas um deles como titular - e não marcou gols.

Em outros momentos do ano, o clube aceitou negociar jovens jogadores por valores bem menores aos oferecidos por Claudinho, com o objetivo de quitar salários do elenco profissional - que estão atrasados novamente.

Em junho, vendeu o zagueiro Edu, de 20 anos, ao Athletico-PR por R$ 2,5 milhões. Em outubro, aceitou R$ 3,3 milhões do Al Sharjah, dos Emirados Árabes, pelo atacante Caio Rosa, de 19.

No mês passado, negociou o meio-campista Maurício, também de 19 anos, com o Internacional. O clube colorado pagou R$ 1,2 milhão e repassou ao Cruzeiro o atacante William Pottker, com salários pagos até março de 2021.

Outra negociação feita pela diretoria mineira este ano foi a venda do atacante Renato Kayzer, 24, ao Athletico-PR, em operação que rendeu R$ 3,5 milhões aos cofres celestes.

Tags: cruzeiro raposa serieb cruzeiroec futnacional claudinho mercadobola