Cruzeiro

CRUZEIRO

Meia do São Raimundo: 'Salário de um atleta do Cruzeiro paga nossa folha'

Clubes duelarão pela primeira fase da Copa do Brasil nesta quinta-feira

postado em 08/03/2021 18:25

(Foto: Reprodução)
O volante Benício ‘Poroca’, do São Raimundo-RR, encontrará o Cruzeiro pelo segundo ano consecutivo em jogo pela primeira fase da Copa do Brasil. Embora reconheça as dificuldades da partida e a disparidade entre os clubes, especialmente no que diz respeito aos investimentos, ele sonha com a classificação. 

Às vésperas do duelo diante, marcado para as 19h15 desta quinta-feira, no estádio Canarinho, em Boa Vista, Poroca atendeu ao Superesportes. Antes de mais um treino de preparação para o jogo, comentou as perspectivas do clube de Roraima para o jogo pela Copa do Brasil.  

“Expectativa é muito boa. Estamos trabalhando muito, treinando muito, apesar de a gente não ter feito praticamente nenhum jogo antes. Só treino, praticamente. Estamos sem ritmo de jogo. Nosso time está bem focado. Vamos batalhar para sair vitoriosos. Sei que não vai ser fácil, o Cruzeiro é um time muito grande, campeão da Copa do Brasil várias vezes. Mas estamos na batalha”, disse.

Além das dificuldades naturais, o São Raimundo também não terá seu treinador no banco de reservas. Chiquinho Viana foi internado após contrair o coronavírus.  “Ele estava em viagem. Não estava conosco. Ele havia viajado para tratar de assuntos particulares e aí chegou de viagem com COVID-19. Mas graças a Deus ele está se recuperando bem. Vai ser um desfalque muito grande no nosso time aqui”, lamentou Poroca.

Disparidade financeira

Embora o Cruzeiro viva grave crise financeira e tenha reduzido os investimentos em relação aos últimos anos, ainda tem folha de pagamento muito superior a do São Raimundo. O volante do ‘Mundão’ analisou essa diferença.  

“Nós, jogadores, estamos focados. A diferença (financeira) existe, é claro. Só o salário de um jogador do Cruzeiro paga toda nossa folha, com certeza (risos). Mas dentro de campo não entra isso não. Dentro de campo vai prevalecer as vantagens de cada um. A gente coloca isso na cabeça”, garantiu.

O fato de o Cruzeiro também viver nova realidade técnica, sem um elenco formado majoritariamente por grandes estrelas e disputando mais uma vez a Série B do Campeonato Brasileiro, também não serve de alento aos jogadores do São Raimundo.  

“Eu estava no jogo do ano passado, então já conheço o goleiro Fábio, o Marcelo Moreno. E tem uns caras muito bons neste elenco, tem o Rafael Sobis que vai dar muito trabalho. O Cruzeiro tem um elenco muito bom. Apesar de estar na Segunda Divisão, isso não faz diferença. O time é muito bom”, avaliou Poroca.

Tags: Copa do Brasil Cruzeiro serieb interiormg futnacional