Cruzeiro
1

CRUZEIRO

De volta ao Cruzeiro, Rômulo virou volante na Itália e quase jogou a Copa

Jogador esteve em pré-lista do técnico Cesare Prandelli em 2014

postado em 26/03/2021 19:26 / atualizado em 27/03/2021 00:06

(Foto: AFP / Vincenzo PINTO)
De volta ao Cruzeiro, o volante Rômulo, de 33 anos, passou quase uma década no futebol italiano. Na Europa, trocou a lateral direita pelo meio-campo e virou referência no Hellas Verona, pelo qual marcou 13 gols em 123 jogos oficiais e chegou a ser capitão na temporada 2017/2018. Também defendeu a Juventus, maior clube do país, além dos tradicionais Fiorentina, Genoa, Lazio e Brescia.



Talvez o grande momento de Rômulo tenha sido em 2014, quando obteve a nacionalidade italiana e foi convocado pelo técnico Cesare Prandelli para representar a seleção. Em entrevista à ESPN veiculada no dia 6 de setembro de 2020, o jogador contou detalhes de uma conversa com o selecionador da Azzurra antes da Copa do Mundo no Brasil.

“O segurança do Verona me chamou no estádio e disse que o Prandelli queria falar comigo. Eu não sabia de nada de convocação e achei que fosse uma brincadeira. Até dei risada e estranhei”, recordou Rômulo.

“Prandelli me disse: Quero te chamar para a Copa do Mundo. Só preciso saber de uma coisa: se eu te convocar, você vai ficar feliz profissionalmente ou orgulhoso em defender um país como a Itália? Eu disse: ‘Ficarei muito orgulhoso em defender as cores da Itália’. Ele respondeu: ‘Era isso que eu queria ouvir. Você está convocado, nos vemos em poucos dias’”, complementou.

Contudo, uma pubalgia inviabilizou o sonho do brasileiro natural de Pelotas, no Rio Grande do Sul, de defender a Itália no Mundial. “Fiz toda a preparação e foi um momento marcante na minha carreira. Fiquei muito triste porque era um problema muito sério e sentia muitas dores. Queria muito ter jogado o Mundial no Brasil pela Itália”.

(Foto: Arquivo pessoal)

Antes de seguir para o continente europeu, Rômulo jogou no Cruzeiro. Em 19 partidas, marcou um gol de cabeça na vitória por 4 a 2 sobre o Guarani, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 22ª rodada do Brasileirão de 2010. Naquele ano, o time celeste ficou em segundo lugar na Série A, com 69 pontos. O Fluminense somou 71 e levantou o troféu.

Em 2011, Rômulo perdeu espaço por causa da opção do técnico Cuca de escalar Pablo. Em abril, ele se transferiu por empréstimo para o Athletico-PR. Em junho, a Fiorentina, da Itália, manifestou interesse em sua aquisição e desembolsou 2,5 milhões de euros (R$5,6 milhões na cotação da época). A Raposa ficou com metade do valor: R$2,8 milhões.

Quase dez anos depois, Rômulo reencontra o goleiro Fábio, o volante Henrique e o zagueiro Léo, remanescentes no grupo de 2010 e 2011. A principal missão do experiente jogador é ajudar a recolocar o Cruzeiro na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A caminhada na Série B começará em 28 ou 29 de maio, contra o Confiança, em Sergipe.

(Foto: Jorge Gontijo/EM D.A Press)

Tags: volante lateral Cruzeiro serieb interiormg futnacional Rômulo mercadobola