Cruzeiro

CRUZEIRO

Matheus Barbosa comemora evolução em nova função e gols pelo Cruzeiro

Jogador destaca ensinamentos de Felipe Conceição para se adaptar ao 'box to box'

postado em 29/04/2021 17:40 / atualizado em 29/04/2021 20:42

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Matheus Barbosa chegou ao Cruzeiro rotulado como volante de contenção, porém o técnico Felipe Conceição entendeu que poderia adaptá-lo à função de “box to box”, na qual um jogador vai de uma área até a outra, defendendo e atacando com a mesma intensidade. No começo, o camisa 17 recebeu críticas dos torcedores em razão dos erros de passe e de posicionamento, mas aos poucos conseguiu colocar em prática as orientações do comandante e se consolidou ao lado de Adriano e Rômulo no meio-campo.


“Desde quando cheguei aqui, ele (Felipe Conceição) me passou esse pensamento de que via em mim potencial para exercer essa função. A cada dia vinha procurando me dedicar nos treinamentos e nos jogos para crescer e me adaptar o mais rápido possível. Claro que nos primeiros jogos tinha um pouco de dificuldade, porque na parte física precisamos estar bem para exercer essa função. Mas o professor tem me passado diariamente bastante conselhos e toques sobre onde posso melhorar. Isso tem me ajudado na adaptação”.

A evolução no setor rendeu a Barbosa os dois primeiros gols pelo Cruzeiro. Contra o América-RN, em 7 de abril, pela Copa do Brasil, ele apareceu como elemento-surpresa na grande área após assistência de Felipe Augusto e bateu de pé esquerdo no contrapé do goleiro. A vitória por 1 a 0 na Arena das Dunas, em Natal, assegurou a classificação celeste à terceira fase.

Já diante do Patrocinense, no último domingo, o volante se posicionou próximo à pequena área aos 3 minutos do segundo tempo e fez o segundo gol da vitória celeste por 4 a 0 ao cabecear a bola cruzada por William Pottker. “Conforme vão se passando os treinos e jogos, vamos adquirindo confiança e entendendo o esquema do professor. Creio que isso me ajudou a crescer e ajudar a equipe com gols”, comentou.



Com a goleada em cima do Patrocinense, o Cruzeiro alcançou 20 pontos e encerrou a primeira fase do Campeonato Mineiro em terceiro lugar. O adversário na semifinal será o vice-líder América (22), que terá a vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

No clássico da quinta rodada, em 21 de março, o Coelho levou a melhor sobre a Raposa por 1 a 0, no Independência - gol de Joseph, zagueiro improvisado na lateral direita, aos 34 minutos da etapa inicial. Curiosamente, Matheus Barbosa foi reserva naquele jogo - entrou aos 10 minutos do segundo tempo no lugar de Jadson. Na opinião dele, o Cruzeiro se encontra muito mais preparado para tentar cavar uma vaga na decisão do estadual.


“Já faz um mês que teve aquele jogo. Ainda estava naquela fase em que o professor conhecia o grupo e passava o estilo de jogo dele. A gente ainda estava entendendo o trabalho. Acredito que hoje estamos mais preparados e evoluímos bastante como equipe. Já entendemos melhor a forma de o professor trabalhar, então acredito que essa é a diferença do jogo passado para esse jogo”.

O Mineirão recebe o duelo de ida da semifinal no domingo (2/5), às 16h. A volta será na semana seguinte (9/5), no mesmo horário, no Independência. Quem passar de fase pegará na decisão o ganhador de Atlético x Tombense. “Precisamos de tranquilidade e de saber que não se decide no primeiro jogo. Se Deus quiser é fazer um grande jogo para decidir nesses 180 minutos”, concluiu Matheus Barbosa.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Matheus Barbosa