Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro: fase decisiva no Mineiro será 'termômetro' antes da Série B

Time celeste enfrenta o América nos dois próximos domingos pela semifinal. Estreia na segunda divisão será daqui um mês, contra o Confiança

postado em 29/04/2021 07:00 / atualizado em 29/04/2021 15:43

(Foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press)
O Cruzeiro espera aproveitar a fase decisiva do Campeonato Mineiro como “termômetro” visando ao principal objetivo de 2021, que é o retorno à elite do Brasileirão. No estadual, o time celeste faz a semifinal contra o América nos dois próximos domingos, às 16h, em Mineirão e Independência. Se avançar, enfrentará o ganhador de Atlético x Tombense na decisão. Na Série B, a estreia será em 28 ou 29 de maio, diante do Confiança, em Sergipe.

Depois de vários testes, o técnico Felipe Conceição encontrou uma equipe-base com Fábio; Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa e Rômulo; Bruno José, Airton e Rafael Sobis.

No banco de reservas há jogadores outrora titulares, casos do zagueiro Eduardo Brock, do lateral Alan Ruschel, do volante Jadson, do meia Marcinho e dos atacantes Felipe Augusto, William Pottker e Marcelo Moreno.

No domingo, o setor ofensivo do Cruzeiro despontou na goleada por 4 a 0 sobre o Patrocinense, pela 11ª rodada. William Pottker, que substituiu o suspenso Rafael Sobis, destacou-se com dois gols e uma assistência. Matheus Barbosa e Jadson também balançaram a rede.


A vitória diante do Patrocinense foi a quinta do Cruzeiro nos últimos sete jogos. Entre os resultados favoráveis, destaque para o 1 a 0 sobre o Atlético, pela 9ª rodada do Mineiro, e o 1 a 0 em cima do América de Natal, pela 2ª fase da Copa do Brasil. Nesse hiato, o time só perdeu para o Pouso Alegre (1 a 0), no estádio Manduzão, no Sul de Minas, pela 10ª rodada do estadual.

O clássico na semifinal será relevante também em razão do nível do América, promovido à elite nacional como vice-campeão da Série B de 2020. Entre os recém-contratados está o meia Bruno Nazário, que passou pelo Cruzeiro sem brilho em 2016, porém mostrou bom futebol a serviço de Guarani e Botafogo.

Nazário fez um belo gol em jogada ensaiada de cobrança de falta na vitória por 5 a 0 sobre a URT, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. Quem também marcou nesse jogo foi o centroavante Rodolfo, artilheiro do elenco alviverde na temporada 2021, com cinco gols em 13 partidas.

Outros atletas com boa participação na campanha de acesso do Coelho são o goleiro Matheus Cavichioli, o zagueiro Anderson, os volantes Zé Ricardo e Juninho, os meias Alê e Felipe Azevedo e o atacante Ademir.


Na primeira fase, o América venceu por 1 a 0 com gol de Joseph, que estava em posição de impedimento, aos 34 minutos da etapa inicial. Na opinião do zagueiro Ramon, o cenário da semifinal será diferente, já que o Cruzeiro apresentou significativa evolução e quer chegar forte na Série B.

“O ano começa de uma forma muito boa para a gente, a gente tem que manter isso até o fim, porque virão coisas boas. Quando chega nessa hora, é um espetáculo para grandes jogadores, e aqui no Cruzeiro só tem grandes jogadores. Estamos preparados para essa fase decisiva para que no final dê tudo certo”.

Série B e Copa do Brasil


Em 2020, o Cruzeiro decepcionou ao terminar a Série B em 12º, com 49 pontos - 12 a menos que o 4º colocado Cuiabá e a 24 de Chapecoense (campeã) e América (vice). Foram 14 vitórias, 13 empates e 11 derrotas em 38 rodadas, com 39 gols marcados e 32 sofridos.

A Raposa iniciou a disputa com seis pontos a menos em razão de uma punição na Fifa - deixou de pagar mais de R$5 milhões ao Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pela contratação do volante Denílson, em julho de 2016.

Na teoria, a batalha pelo acesso na Série B de 2021 tende a ser mais difícil, visto que times de tradição caíram na elite: Vasco, Botafogo, Coritiba e Goiás. Os  quatro já se sagraram campeões da segunda divisão nacional.

Vila Nova-GO (campeão), Remo (vice), Brusque e Londrina foram promovidos da Série C, enquanto CSA, Sampaio Corrêa, Ponte Preta, Operário, Avaí, CRB, Brasil de Pelotas, Guarani, Vitória, Confiança e Náutico são remanescentes da B ao lado do Cruzeiro.

Na Copa do Brasil, a Raposa disputará a 3ª fase contra o Juazeirense, da Bahia. A Confederação Brasileira de Futebol ainda não confirmou as datas, mas separou no calendário os dias 2 e 9 de junho para realização dos confrontos.

A participação na terceira fase renderá R$1,7 milhão aos cofres do Cruzeiro, que recebeu R$1,15 milhão por eliminar o São Raimundo na primeira fase (1 a 1) e R$1,35 milhão após superar o América de Natal na segunda fase (1 a 0).


Tags: Cruzeiro serieb copadobrasil interiormg futnacional