CSA

SÉRIE A

Flamengo recebe o CSA para manter larga vantagem na ponta da Série A

O time de Jorge Jesus obteve 13 vitórias nos últimos 14 jogos

postado em 27/10/2019 07:00 / atualizado em 27/10/2019 10:40

<i>(Foto: Divulgação/Flamengo)</i>


Em clima de euforia pela goleada histórica de 5 a 0 sobre o Grêmio e a consequente classificação para a final da Copa Libertadores, o Flamengo enfrenta o CSA neste domingo, às 19 horas, no Maracanã. O duelo é valido pela 28ª rodada da Série A Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro lidera o torneio com ampla vantagem sobre o segundo colocado.

Com uma campanha impressionante, o Flamengo tem 64 pontos e abriu dez de frente para o vice-líder Palmeiras. A equipe de Jorge Jesus obteve 13 vitórias nos últimos 14 jogos e não dá brecha para seus rivais no Brasileirão. Se o ritmo se mantiver, o título nacional virá com algumas rodadas de antecedência.

"Temos muito jogadores que disputaram várias decisões e agora é hora de virar a chave. Não é hora de pensar em Libertadores. Estamos fazendo uma campanha maravilhosa e temos que focar no Brasileiro. Não sou mais menino, disputar final é sempre especial. Mas não temos que pensar nisso agora", alertou Rafinha, em menção à concentração que o time deve ter no torneio nacional.

O principal desfalque para a partida contra o CSA é Pablo Marí, que será baixa após 21 jogos seguidos como titular. O espanhol recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória diante do Fluminense e cumprirá suspensão. Rhodolfo e Thuler disputam a vaga para atuar ao lado de Rodrigo Caio na defesa.

O paraguaio Piris da Motta também está suspenso, mas tem atuado pouco. Há a possibilidade de Jorge Jesus preservar algum jogador por conta do desgaste físico. Isso pode ocorrer com Filipe Luís e Arrascaeta. Os dois são os mais cotados a ganhar um descanso porque se recuperaram de lesão recentemente.

O uruguaio retornou ao time contra o Grêmio após realizar uma artroscopia e não será surpresa se for poupado. Se não jogar, Vitinho pode ganhar uma chance. Reinier também é uma opção. Já Filipe Luís, outro que se recuperou de lesão no joelho, pode ser substituído por Renê.

Sonho alagoano 

Além de precisar encarar um Flamengo que parece imbatível, o CSA tem que lidar, também, com um jejum de triunfos que já dura três rodadas. Isso tudo, porém, não incomoda o atacante Ricardo Bueno.

"O Flamengo não assusta. São nesses jogos que a gente pode mostrar nossa força. Dentro de campo são 11 contra 11. Sabemos que será um jogo extremamente difícil, mas não impossível", disse o experiente atacante, que deve ganhar a posição de Alecsandro.


A delegação azulina embarcou para o Rio de Janeiro após realizar um treinamento nesta sexta-feira. A atividade não contou com o lateral-esquerdo Carlinhos, mas ele foi confirmado pelo técnico Argel Fucks: "Nós poupamos o Carlinhos porque ele estava um pouco cansado, mas vai participar normalmente da partida".

O treinador, porém, tem desfalques, principalmente no meio-campo. Expulso na derrota para o Botafogo, por 2 a 1, João Vitor dá lugar para Nilton. Naldo e Bustamente estão lesionados, assim como o goleiro Jordi, que se envolveu em polêmica no início da semana, ao gravar um vídeo reclamando da estrutura do clube.

Na 18ª colocação, com 26 pontos, o CSA não consegue deixar a zona de rebaixamento nem mesmo em caso de uma improvável vitória sobre o Flamengo, pois ficaria atrás do Fluminense no número de vitórias. 

Tags: futnacional flamengorj jorge jesus seriea csaal