Fortaleza

FORTALEZA

Na Copa do Brasil, Ceni reencontra São Paulo como rival e tenta quebrar tabu

Treinador do Fortaleza já enfrentou seu ex-clube três vezes e só saiu de campo derrotado

postado em 02/10/2020 09:18

(Foto: Divulgação/Fortaleza)
O sorteio da Copa do Brasil colocou Rogério Ceni novamente no caminho do São Paulo. O ex-goleiro e hoje treinador do Fortaleza já enfrentou seu ex-clube três vezes e só saiu de campo derrotado. Na Copa do Brasil, Ceni terá a chance de quebrar o tabu e aumentar a crise no São Paulo, que vem de eliminação na fase de grupos da Libertadores.

Nas três vezes que São Paulo e Rogério Ceni se encontraram como adversários, houve homenagens. No primeiro encontro, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, cerca de 200 torcedores do São Paulo encararam viagem de seis dias de ônibus para assistir à partida no Castelão. Nas arquibancadas, a torcida do Fortaleza preparou um mosaico com a imagem do técnico e a mensagem "gratidão, Ceni". Do outro lado, a principal organizada do São Paulo estendeu um bandeirão com a imagem do maior ídolo do clube Em campo, quem festejou foi o time paulista, que venceu por 1 a 0.

O segundo reencontro teve o Pacaembu como palco, porque o Morumbi iria receber show do Iron Maiden, uma das maiores bandas de heavy metal do mundo. A torcida do São Paulo esgotou os mais de 30 mil ingressos colocados à venda e fez grande festa para o ídolo. O time paulista novamente levou a melhor, por 2 a 1, pelo Brasileirão de 2019.

Neste ano, Rogério Ceni teve a primeira experiência de ir ao Morumbi como adversário do São Paulo. As arquibancadas, porém, não receberam torcedores por causa da pandemia do novo coronavírus. Antes de o jogo começar, o São Paulo exibiu nos telões do estádio um vídeo com os principais momentos do ídolo pelo clube. As organizadas marcaram "presença" com bandeirões com a imagem do ex-goleiro. Após a festa, o São Paulo venceu por 1 a 0.

Para o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, Rogério Ceni "unifica as duas torcidas". "Acho isso algo muito interessante, muito maduro, é quase único no futebol. A torcida do São Paulo é grata pelo que ele fez como atleta, e no Fortaleza ele é o maior treinador da história, na minha opinião. Então a presença dele dá um brilho especial. É impossível falar de Fortaleza x São Paulo sem falar do Rogério", afirmou Marcelo Paz, ao Estadão. "As torcidas passaram a ter uma relação cordial. Vejo muitos torcedores do São Paulo que começaram a conhecer mais o Fortaleza por causa do Rogério, por torcer por ele".

Apesar de o São Paulo ter caído precocemente no Paulistão e na Libertadores, além de conviver com protesto de torcedores neste segundo semestre, Marcelo Paz não acredita que o momento conturbado fará diferença no confronto entre os times pela Copa do Brasil. Os jogos serão realizados nos meios de semana dos dias 28 de outubro e 4 de novembro. O São Paulo vai decidir em casa e, na opinião do presidente do Fortaleza, é o favorito para avançar às quartas de final.

"Até chegar o jogo, acho que já vai ter passado (a crise pela eliminação), não vai influenciar. O São Paulo é um gigante do futebol, tem orçamento bem maior do que o nosso, montou um time para a Libertadores. O São Paulo é favorito, mas vamos tentar a classificação. Jogamos contra o São Paulo três vezes e perdemos as três, mas poderíamos ter saído com um resultado melhor dos jogos, com pelo menos o empate", analisou.

Tags: futnacional saopaulosp rogerio ceni fortalezace