Futebol Internacional

ACIDENTE AÉREO

Corpo é encontrado nos destroços do avião que transportava Emiliano Sala

Aeronave caiu no Canal da Mancha quando levava jogador argentino

postado em 04/02/2019 10:51 / atualizado em 04/02/2019 14:59

AAIB / AFP
As imagens submarinas dos destroços do avião no qual viajavam o jogador argentino Emiliano Sala e um piloto e que desapareceu no Canal da Mancha mostram a presença de um corpo, informaram nesta segunda-feira os investigadores britânicos.

"Nas imagens de vídeo, um ocupante é visível entre os destroços", anunciou a Agência Britânica de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB), sem informar a identidade da pessoa. "A AAIB está considerando os próximos passos, em consulta com as famílias do piloto e do passageiro e com a polícia", completou a agência.

Algumas horas antes, a empresa privada que participou na operação informou que a maior parte do avião foi encontrada no fundo da Canal da Mancha.

"Está todo quebrado, mas a maior parte está lá", afirmou à rádio BBC David Mearns, diretor da empresa Blue Water Recoveries, que foi contratada pela família do atleta para organizar a busca submarina.
O avião monomotor desapareceu dos radares em 21 de janeiro sobre o Canal da Mancha, a 20 quilômetros do norte da ilha britânica de Guernesey. Foi localizado perto deste local.

Depois que imagens de alta resolução definiram a área em que estava o avião, a empresa pediu ajuda ao navio 'Geo Ocean 3', que havia sido contratado pela AAIB (Agência britânica de Investigação de Acidentes Aéreos), explicou Mearns.

Um veículo operado à distância, com câmeras e luzes, confirmou que era o avião, completou o diretor da Blue Water Recoveries, que trabalhou em coordenação com as autoridades britânicas.
"Viram o número da matrícula e, para surpresa de todos, a maior parte do avião está lá".
"A família quer desesperadamente que o avião seja recuperado. Eles sentem que realmente fizeram algo além do que qualquer família normal teria feito, arrecadando dinheiro para uma busca financiada com recursos privados, para sair e obter este resultado tão rapidamente. Agora sentem que é responsabilidade do governo dar os próximos passos", declarou Mearns.
 

Tags: aviao emiliano sala futinternacional