Futebol Internacional

ELIMINATÓRIAS

Bélgica massacra San Marino por 9 a 0 e se torna primeiro país a garantir vaga na Euro

Diabos Vermelhos conquistam classificação com placar histórico

postado em 10/10/2019 19:39

<i>(Foto: Bruno Fahy/AFP)</i>
Com uma atuação massacrante diante dos seus torcedores, a Bélgica goleou San Marino por 9 a 0, nesta quinta-feira, em Bruxelas, e se tornou a primeira seleção a assegurar classificação para a Eurocopa de 2020. Foi a sétima vitória dos belgas em sete partidas disputadas no Grupo I das Eliminatórias para o torneio continental.

Assim, a equipe nacional lidera a chave com 21 pontos, sendo que ainda ostenta 28 bolas na rede e apenas um gol sofrido em sua campanha. A Rússia, que em outro duelo do dia atropelou a Escócia por 4 a 0, em Moscou, está com 18 pontos na vice-liderança e também ficou mais perto de assegurar seu lugar na grande competição do próximo ano.

Pelo regulamento das Eliminatórias, os dois primeiros colocados de cada grupo avançam diretamente para a Eurocopa. E como restam apenas três jogos para cada seleção realizar nesta chave e o Chipre está com apenas 10 pontos na terceira posição, a Bélgica, na pior das hipóteses, vai terminar em segundo lugar. Os cipriotas derrotaram o Casaquistão por 2 a 1, fora de casa, em outro confronto desta quinta.

No jogo no qual carimbou o seu passaporte para a Eurocopa, a Bélgica abriu a larga vantagem de 6 a 0 já no primeiro tempo, com dois gols marcados pelo atacante Romelu Lukaku, que atingiu a marca de 50 bolas na rede pela seleção nacional.

O jogador da Inter de Milão fez o primeiro e o quarto gols desta vitória belga, que na etapa inicial também teve Nacer Chadli, Cristian Brolli, Toby Alderweireld e Youri Tieleman vencendo o goleiro Simone Benedettini. No segundo tempo, o massacre foi completado com Christian Benteke, Yari Verschaeren e Timothy Castagne fazendo mais três para decretar o impiedoso 9 a 0.

Algoz do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, a Bélgica agora só precisará cumprir tabela nas três rodadas finais deste Grupo I. O seu próximo jogo será neste domingo, contra o Casaquistão, fora de casa.

A seleção russa, por sua vez, construiu a sua goleada sobre a Escócia com quatro gols marcados no segundo tempo do duelo realizado no estádio Luzhniki, o principal palco do Mundial de 2018. Dzyuba foi o autor de duas destas bolas na rede, enquanto Ozdoev e Golovin também deixaram a sua marca.

A goleada sofrida fora de casa deixou os escoceses na vice-lanterna da chave, com seis pontos, à frente apenas de San Marino, que ainda não pontuaram. No domingo, a seleção britânica tentará se redimir contra San Marino, em casa, enquanto os russos terão pela frente o Chipre atuando como visitantes.

CROÁCIA MAIS PERTO DA EURO

Atual vice-campeã mundial, a Croácia deu um importante passo para assegurar a sua classificação à Eurocopa ao vencer a Hungria por 3 a 0, nesta quinta-feira, em casa, na cidade de Split. O ídolo Luka Modric abriu o placar para os anfitriões no início do primeiro tempo e Bruno Petkovic marcou mais dois gols ainda na etapa inicial.

Os croatas só não conquistaram uma goleada porque Ivan Perisic desperdiçou um pênalti aos 10 minutos do segundo tempo. E o triunfo tranquilo sobre os húngaros deixou a seleção do país na liderança isolada com Grupo E, com 13 pontos, três à frente da Eslováquia, que empatou por 1 a 1 com o País de Gales, também como mandante, e ocupa o segundo lugar.

A Hungria, com nove, está na terceira posição, viva na luta pela vaga continental. Os galeses, com sete, figuram em quarto lugar, à frente apenas do lanterna Azerbaijão, que tem apenas um ponto e não jogou nesta quinta.

Tags: San Marino bélgica eurocopa eliminatórias