Futebol Internacional

LIGA DOS CAMPEÕES

Tuchel confirma volta de Neymar ao PSG na Liga dos Campeões: 'Muda tudo'

O jogador entra em campo após quatro jogos de ausência

postado em 17/02/2020 17:04 / atualizado em 17/02/2020 17:50

(Foto: Ina Fassbender/ D. A. Press)
O técnico Thomas Tuchel confirmou nesta segunda-feira em entrevista coletiva que o atacante Neymar volta ao Paris Saint-Germain para enfrentar o Borussia Dortmund. As equipes se enfrentam nesta terça, no Signal Iduna Park, na Alemanha, no confronto de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa

O jogador entra em campo após quatro jogos de ausência. Por causa de um problema na costela, Neymar não atua desde o dia 1º de fevereiro. Ele ficou fora diante de Nantes, Lyon e Amiens, pelo Campeonato Francês, e Dijon, pela Copa da França.

"Neymar está bem. Ele vai jogar amanhã (terça-feira)", afirmou o treinador, que comemorou bastante o retorno do brasileiro. Nesta temporada, o brasileiro vive ótimo momento, com 18 jogos. Foram 15 gols e dez assistências.

Para o alemão, o atacante eleva, e muito, o nível da equipe. "Isso muda tudo para nós. Ele tem confiança, qualidade e capacidade para decidir. Muda tudo para os companheiros e para Kylian (Mbappé) também. Dá muita confiança para mim e para o time inteiro. Não temos outros jogadores com essa qualidade", elogiou.

Apesar da empolgação com o retorno de Neymar e dos desfalques do Borussia Dortmund, Tuchel prevê um jogo complicado para o PSG. A equipe alemã não terá jogadores importantes, como Marco Reus e Julian Brandt, mas poderá contar com o norueguês Erling Haaland. O atacante foi contratado após se destacar pelo Red Bull Salzburg na primeira fase da Liga dos Campeões. 

"Vai ser uma partida super difícil, um grande desafio. Vamos tentar vencer este desafio. Nós temos de estar mentalmente preparados. Temos uma grande oportunidade de mostrar nossa qualidade", afirmou o treinador do PSG. "Mas no esporte acontece de perder. Teremos de aceitar o resultado no final. As derrotas servem de aprendizado para você crescer", completou.

Tags: Liga dos Campeões Paris Saint-Germain Borussia Dortmund