Futebol Internacional

CORONAVÍRUS

Pai e avô de Montillo, ex-meia do Cruzeiro, morrem com suspeitas de coronavírus

Informação foi divulgada pela Universidad de Chile, atual clube do atleta

postado em 07/04/2020 19:40 / atualizado em 07/04/2020 20:17

(Foto: Universidad de Chile/Divulgação)

A Universidad de Chile informou por meio de nota, nesta terça-feira, que o pai e o avô de Walter Montillo, ex-meia do Cruzeiro, morreram na Argentina com suspeitas de Covid-19. Exames foram realizados para confirmar se ambos foram acometidos, de fato, pelo coronavírus, mas os resultados ainda não foram divulgados.



Walter Óscar, pai de Montillo, foi hospitalizado depois de reclamar de graves problemas respiratórios, de acordo com o clube chileno. Nesta terça, ele não suportou e faleceu aos 60 anos. Já o avô do jogador, Óscar, 91, morreu na semana passada, também apresentando dificuldades respiratórias. 

“Enviamos nossas condolências aos familiares e pessoas próximas de Walter Montillo, que hoje sofreu o sensível falecimento de seu pai, Walter Óscar, desejo que se soma pelo falecimento de seu avô Óscar, durante os últimas dias”, diz um trecho da nota divulgada pela La U. 

Por meio das redes sociais, o Cruzeiro também lamentou as mortes. "O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente a morte do Sr. Walter Óscar Montillo, pai do nosso ex-atleta Montillo. Ficam aqui nossos votos de respeito e sentimentos neste momento de dor profunda. Muita força para você, Montillo", escreveu o clube em mensagem endereçada ao argentino. 

Montillo defendeu a camisa do Cruzeiro entre 2010 e 2012. Foram 144 jogos, com 36 gols e 36 assistências. O argentino chamou a atenção pela facilidade de adaptação ao futebol brasileiro. No clube celeste, ele ganhou várias premiações, nacionais e internacionais, além de ter sido convocado para a Seleção Argentina em 2011.


Tags: Montillo cruzeiroec interiormg futnacional coronavírus