Futebol Internacional

FUTEBOL INTERNACIONAL

Everton se reabilita no Inglês após 3 derrotas seguidas e bate o Fulham por 3 a 2

Time de Liverpool se reabilitou e bateu o Fulham por 3 a 2, no estádio Craven Cottage, em Londres

postado em 22/11/2020 12:33

(Foto: John Sibley/AFP)

Líder do Campeonato Inglês nas cinco primeiras rodadas, o Everton caiu de produção nos jogos seguintes e amargou três derrotas consecutivas antes da parada para a Data Fifa de novembro. Neste domingo, no retorno das competições, o time de Liverpool se reabilitou e bateu o Fulham por 3 a 2, no estádio Craven Cottage, em Londres, pela nona rodada.

Com o resultado positivo, a equipe comandada pelo técnico italiano Carlo Ancelotti chegou aos 16 pontos e subiu para o sexto lugar na tabela de classificação. Tem quatro pontos a menos que o líder Tottenham. Já o Fulham briga para fugir da zona de rebaixamento. Está na 17.ª colocação, uma acima da degola, com apenas quatro pontos.

Com o atacante Richarlison e o volante Allan, que defenderam a seleção brasileira em dois jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, em campo, o Everton começou de forma arrasadora e abriu o placar com 41 segundos de jogo. O atacante Dominic Calvert-Lewin marcou após pressão na saída de bola do Fulham e passe de Richarlison.

Ainda no primeiro tempo, aos 15 minutos, o atacante Bobby Reid fez o gol de empate do Fulham, mas o Everton conseguiu marcar dois em um intervalo de seis minutos para abrir boa vantagem no placar. Novamente Calvert-Lewin balançou as redes, aos 29, e Abdoulaye Doucoure, aos 35, anotou o 3 a 1. Em ambos o cruzamento pelo lado esquerdo saiu dos pés do lateral francês Lucas Digne.

Com os dois gols marcados, Calvert-Lewin chegou a 10, em nove jogos, e assumiu a artilharia isolada do Campeonato Inglês. Ele ultrapassou o atacante sul-coreano Heung-min Son, do Tottenham, que chegou a nove ao anotar um na vitória de seu time contra o Manchester City no sábado, em Londres.

Depois do intervalo, o Everton procurou valorizar a posse de bola, mas viu o Fulham dominar as ações no meio de campo e pressionar em busca, ao menos, do empate. Aos 23 minutos, Ivan Cavaleiro desperdiçou uma cobrança de pênalti, mas pouco depois, aos 25, Ruben Loftus-Cheek diminuiu em um chute de dentro da área contando com um desvio do zagueiro colombiano Yerry Mina, que tirou qualquer chance de defesa do goleiro Pickford.

Até o final, o Fulham pressionou, mas não teve forças para assustar a meta do Everton. O time visitante teve algumas oportunidades de contra-ataque, mas foi ineficiente na conclusão das jogadas.

Tags: futinternacional