Futebol Internacional

MORTE DE MARADONA

Marido de ex-esposa de Maradona dispara: 'A morte era evitável'

Mario Baudry acusou médico do craque

postado em 30/11/2020 18:25

(Foto: Divulgação/Instagram Baudry)
Mario Baudry, atual parceiro de Verónica Ojeda (ex-esposa de Diego Maradona), acusou Leopoldo Luque, médico pessoal do craque, de negligência. "Luque e o psiquiatra cuidaram de tudo", disse.

Na manhã desta segunda-feira agitada em Buenos Aires, Baudry deu vários detalhes fortes à mídia. "A morte de Maradona era evitável. Luque é uma boa pessoa, mas se eu tiver a melhor Ferrari do mundo e a der a um menino de cinco anos, ele a destruirá", afirmou.

Mario também confirmou um detalhe até então desconhecido, pelo menos oficialmente: “Diego caiu da cama alguns dias antes (quinta-feira, uma semana antes de morrer) e bateu na parede do lado direito da cabeça. E eles não fizeram nenhum tipo de teste ou placa ou absolutamente nada ”.

“Na segunda-feira, antes de morrer, Diego disse a Verónica que queria vê-la. E Vero foi ver Maradona, mas não havia médico nem ninguém. Maradona nem tinha banheiro normal no quarto. Tinha um banheiro químico, como um camping, mas não um banheiro normal. E o quarto era muito pequeno. Não era o lugar certo para Diego estar”, completou.

As filhas de Maradona também revelaram suas impressões: "Vimos o Diego muito inchado, principalmente na barriga e nas pálpebras. Eles nos prometeram ficar em casa e onde morava nosso pai não era assim”.

Tags: maradona morte acusa medico futinternacional