Futebol Internacional

COPA AMÉRICA

Deputado mineiro promete acionar STF contra Copa América no Brasil

País foi definido como nova sede do torneio com aval do presidente Jair Bolsonaro

postado em 31/05/2021 13:07 / atualizado em 31/05/2021 15:47

(Foto: Carl DE SOUZA / AFP)
O deputado federal Júlio Delgado, do PSB de Minas Gerais, prometeu acionará o Supremo Tribunal Federal (STF) ainda nesta segunda-feira para evitar a realização da Copa América deste ano no Brasil. O país foi confirmado pela Conmebol como sede da competição com aval do presidente da República, Jair Bolsonaro

“Os números nossos da pandemia e a proibição de eventos não permitem que o presidente Jair Bolsonaro, deliberadamente, decida que uma Copa desta importância, com 10 seleções de 10 países onde a gente não sabe como está o controle da pandemia, seja realizada aqui, só pela questão financeira””, declarou o parlamentar mineiro ao site O Antagonista

O Brasil se tornou sede da Copa América depois das desistências de Colômbia (problemas internos) e Argentina (pandemia) e teve como principal argumento o fato de possuir estádios em boas condições, apesar de estarem ociosos. Uma reunião foi realizada virtualmente nesta segunda-feira com a participação dos dez representantes das confederações sul-americanas.

A Conmebol e a CBF fizeram uma consulta ao governo federal e receberam autorização por parte do presidente Jair Bolsonaro para a realização da Copa América no país, apesar dos altos números de casos e de mortes por COVID-19. De acordo com balanço desse domingo, o país teve mais de 461 mil vidas perdidas por causa da doença. 

Em um primeiro momento, o Brasil não era uma opção, por causa da disputa simultânea do Campeonato Brasileiro. Chile, Estados Unidos e até Israel surgiam como alternativas para 'salvar' a competição, que via pagar US$ 4 milhões (R$ 20,8 milhões) e mais US$ 10 milhões (R$ 52,2 milhões) para o selecionado campeão. Será a segunda edição seguida do torneio no Brasil. 

As datas de início e final do torneio estão confirmadas — 11 de junho e 10 de julho. Durante o período, as competições do futebol brasileiro não serão paralisadas. 
 
As sedes e a tabela serão informadas nas próximas horas, segundo a Conmebol. 
 

Saídas de Argentina e Colômbia

 
Argentina e Colômbia sediaram a Copa América em conjunto. No entanto, na noite desse domingo, a Conmebol anunciou que a Argentina não seria mais sede do torneio devido à situação alarmante da pandemia do coronavírus no país.  No último dia 20, a Colômbia havia desistido de receber jogos da competição por causa do conturbado momento no qual passa por conta dos violentos confrontos e protestos que vêm acontecendo em meio à reforma previdenciária do país. 

Tags: interiormg futnacional selefut