Futebol Nacional

CRUZEIRO

Após quinta derrota em nove rodadas, jogadores do Cruzeiro prometem trabalho para recuperar time no Brasileiro

Time celeste corre risco de entrar na zona de rebaixamento nesta quinta

postado em 12/06/2019 23:20 / atualizado em 13/06/2019 01:34

<i>(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)</i>
O Cruzeiro aumentou a sequência de resultados ruins em 2019 ao perder para o Fortaleza por 2 a 1, nesta quarta-feira, na Arena Castelão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Derrotado pela quinta vez na competição, o clube celeste seguiu com oito pontos, em 15º lugar, e corre o risco de entrar na zona de rebaixamento. Isso acontecerá se houver empate entre Chapecoense (17º, com sete) e Fluminense (16º, com sete), nesta quinta, às 20h, na Arena Condá, em Chapecó-SC. Caso um time vença, o Vasco (18º, com seis) não poderá bater o Ceará, em São Januário. O duelo no Rio de Janeiro começa mais cedo, às 19h15.

O discurso dos atletas da Raposa no pós-jogo ficou alinhado em “trabalhar” durante a pausa para a Copa América. “A gente conseguiu alguns objetivos, que foi se classificar à próxima fase da Copa Libertadores, conquistar o Campeonato Mineiro e também (avançar) na Copa do Brasil. No Brasileiro precisamos melhorar e buscar voltar às vitórias. Infelizmente não veio hoje, a equipe batalhou, mas não foi como queríamos. É continuar trabalhando para que depois da parada da Copa América a gente busque a fase de vitórias novamente”, afirmou o zagueiro Léo, em entrevista à Rádio Itatiaia.

“É difícil. Por mais que a gente lute, corra e se doe ao máximo, as coisas infelizmente não estão dando tão certo como a gente imaginava. Nesses momentos difíceis, temos que colocar a cabeça no lugar e trabalhar ainda mais para que essa situação mude. Sabemos do momento em que estamos vivendo, então temos que reverter isso mais rápido”, acrescentou o atacante Pedro Rocha.

O aproveitamento do Cruzeiro no Brasileiro é de apenas 29,6%. O time somou oito pontos em 27 possíveis, com nove gols marcados e 16 sofridos (média de 1,77 por jogo). A última vitória aconteceu há mais de um mês, em 5 de maio, contra o Goiás, no Mineirão: 2 a 1. Em seguida, a Raposa perdeu de Internacional (3 a 1), Fluminense (4 a 1) e Chapecoense (2 a 1); empatou com São Paulo (1 a 1) e Corinthians (0 a 0), e caiu diante do Fortaleza (2 a 1).

Depois da paralisação para a Copa América, o Cruzeiro já terá clássico contra o Atlético, na semana do dia 10 de julho (quarta-feira), no Mineirão, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A segunda partida está marcada previamente para dia 17. Nas oitavas de final da Libertadores, o time celeste enfrentará o River Plate nos dias 23, no Monumental de Núñez, e 30, no Mineirão (duas terças-feiras). Já pelo Brasileiro, o duelo diante do Botafogo ocorrerá inicialmente no domingo, 14 de julho, em Belo Horizonte (A CBF poderá mudar a data).

Tags: Pedro Rocha cruzeiro leo derrota seriea interiormg futnacional