Futebol Nacional

'INDEPENDÊNCIA É A NOSSA CASA'

Cuca prefere mandar os jogos no Horto: 'Não adianta agradar e não ser agradado'

Técnico questionou o fato de os dirigentes não terem comparecido ao Mineirão por questões burocráticas da Minas Arena e criticou a 'má utilização' dos lugares vazios

postado em 22/04/2013 07:09 / atualizado em 21/04/2013 23:17

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press


Pelo menos se depender do técnico Cuca, o Atlético não mandará os jogos da semifinal do Campeonato Mineiro e das oitavas da Copa Libertadores no Mineirão. Questionado sobre uma possível opção entre os dois estádios para as próximas partida, o comandante alvinegro não titubeou ao declarar a preferência pelo Estádio Independência e ainda explicou os motivos que, segundo ele, afastam equipe e dirigentes do Gigante da Pampulha.

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press
“Escolheria o Independência. Ficaria lá. Somos uma equipe e temos que nos proteger e nos blindar. Não tivemos nem a presença dos diretores no estádio. Os camarotes que eram para ser dados, diminuíram pela metade. Então não adianta agradar e não ser agradado. Hoje se viu o meio-campo vazio e do outro lado vazio. Não era o espaço que o Atlético vendeu, era para estar cheio”, disse o técnico. O “espaço vazio” é referente aos ingressos destinados à Minas Arena, concessionária do estádio.

Para Cuca, o público seria muito maior caso a Minas Arena liberasse os espaços referentes ao meio-campo para a comercialização de ingressos por parte do Atlético. “Talvez se tivessem um pouco mais de visão futebolística o estádio teria enchido por completo, eles seriam parceiros do Atlético e podia, à frente, acontecer isso. Estou de acordo com o presidente”, disse.

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press
Antes do início da venda de ingressos, o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, solicitou 40 vagas de camarote à Minas Arena para acompanhar a partida contra o Villa Nova, mas não foi atendido. Assim, nenhum integrante da cúpula alvinegra esteve no Mineirão nesse domingo.

Todos os 42.608 ingressos cedidos ao Atlético para o confronto contra o Villa Nova foram vendidos antecipadamente. Os trabalhos nas bilheterias se encerraram na tarde do último sábado, véspera da partida. O Galo levou a melhor sobre o Leão, por 2 a 1. O público total foi de 47.625 pagantes.

Apesar de declarar a opção pelo Independência, Cuca ressaltou o fato de o Mineirão ter recebido mais de 47 mil pagantes. Ele espera ver isso em jogos futuros. “A gente fica feliz de ver um campo com 50, 60 mil pessoas como foi em um jogo assim. Em Belo Horizonte é para ter esse público sempre. Então essas pessoas que estão envolvidas têm que pensar bem”, concluiu.

Aumenta a invencibilidade como mandante

Acostumado a mandar seus jogos no Independência desde o início de 2012, o Atlético apresenta um excelente retrospecto como mandante. Após a vitória sobre o Villa, o clube alvinegro somou a 44ª partida sem perder em casa. Até o momento são 36 vitórias e oito empates.