Goiás

CAMPEONATO BRASILEIRO

Antes de estreia pelo Cruzeiro, Abel afirma a Ney Franco, do Goiás: 'Jogador xinga treinador, treinador vai embora. Tamo f...'

Transmissão do SporTV captou diálogo entre os técnicos no Serra Dourada

postado em 30/09/2019 20:40 / atualizado em 30/09/2019 21:02

<i>(Foto: SporTV/Reprodução)</i>
Antes da estreia pelo Cruzeiro, Abel Braga brincou com Ney Franco, comandante do Goiás, sobre a difícil “vida de treinador” no futebol brasileiro. O áudio foi captado pelo canal SporTV, que transmitiu a partida desta segunda-feira, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 22ª rodada da Série A.

“Vida de treinador tá foda. Jogador agora xinga treinador, treinador vai embora e o jogador continua”, afirmou Abel.

“A coisa tá feia”, respondeu Ney Franco, enquanto cumprimentava o auxiliar Leomir de Souza.
 
Na sequência, Abel emendou: “Tamo fudido”.

A transmissão do SporTV então voltou para Daniel Pereira, narrador de Goiás x Cruzeiro, que exaltou a “sinceridade” do treinador cruzeirense.


Não dá para saber se Abel se referiu a uma briga específica. O desentendimento mais recente foi envolvendo Paulo Henrique Ganso, meia do Fluminense, e o técnico Oswaldo de Oliveira.

Ganso foi substituído por Daniel aos 18min do segundo tempo do jogo contra o Santos, dia 26 de setembro, no Maracanã, pela 20ª rodada do Brasileiro (empate por 1 a 1). Irritado por sair de campo, o atleta disse: “não sabe nada, você é burro, burro pra caralho”.

Oswaldo, por sua vez, retrucou as palavras de Ganso e o chamou de “vagabundo”.

Integrantes da comissão técnica precisaram intervir para acalmar os ânimos dos envolvidos na confusão. Depois da partida, Oswaldo relatou ter pedido desculpas a Paulo Henrique. “Chamei, dei um abraço e falei que as coisas se resolvem assim. Ele aceitou, é claro”.

No dia seguinte, a diretoria do Fluminense demitiu Oswaldo e multou Ganso em razão da confusão. O clube, até o momento, não contratou um substituto. O assistente Marcão orientou a equipe na vitória sobre o Grêmio, por 2 a 1, nesse domingo, no Rio.

Cruzeiro


O próprio Cruzeiro teve episódio recente de desgaste entre técnico e jogadores. Embora não tenha sido relatado xingamento, Rogério Ceni esteve em muitas rotas de colisão com seus comandados.

A gota d’água foi depois do empate por 0 a 0 com o Ceará, no Castelão, em Fortaleza. O zagueiro Dedé pediu a palavra na última corrente e tentou aparar as arestas entre Ceni e Thiago Neves. O treinador, no entanto, virou-se de costas para o grupo e deixou o vestiário.

A diretoria do Cruzeiro entendeu que o melhor caminho seria rescindir o contrato de Rogério, fato ocorrido na última quinta-feira. E Dedé deu sua versão sobre os fatos em pronunciamento de 10 minutos na sexta.

Abel Braga foi contratado pelo Cruzeiro justamente pelo histórico de “paizão” dos jogadores. O treinador de 67 anos é admirado pelos mais experientes do grupo celeste, como o meia Thiago Neves e o atacante Fred. Os três foram campeões brasileiros pelo Fluminense, em 2012.

O grande desafio de Abelão é livrar a Raposa do rebaixamento à Série B, feito que conseguiu como zagueiro do clube, no início da década de 1980.

Tags: Ney Franco Abel Braga esportenatv futnacional goiasgo interiormg seriea cruzeiro