Guarani

SÉRIE B

Guarani faz grande primeiro tempo, vence o Operário-PR e encosta no G4 da Série B

Time campineiro marcou todos os gols ainda na etapa inicial, com Waguininho, Bruno Sávio e Lucas Crispim

postado em 08/12/2020 19:13 / atualizado em 08/12/2020 19:30

(Foto: Divulgação/Guarani)
O Guarani mostrou muito poder ofensivo e vontade de chegar ao G4, a zona de acesso, para vencer o Operário-PR por 3 a 0, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Na tarde desta terça-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, o time campineiro pressionou desde os primeiros segundos e marcou todos os gols ainda na etapa inicial, com Waguininho, Bruno Sávio e Lucas Crispim.

Com duas vitórias seguidas e cinco vitórias nos últimos seis jogos, o Guarani chegou a 40 pontos, se aproximando de vez do G4 Já o Operário, que vinha de dois empates, acumula três partidas sem vencer e está com 34, na zona intermediária da tabela.

Atuando em casa, o Guarani começou de forma impiedosa, com forte ritmo ofensivo. Logo nos primeiros segundos, assustou em chute de fora da área de Waguininho, obrigando o goleiro Thiago Braga a mandar para escanteio. Aos oito minutos, Bidu também arriscou, chutando cruzado e com perigo, ganhando um escanteio. Na cobrança, Waguininho apareceu pelo alto e cabeceou bonito para abrir o placar.

O Operário tentou segurar o ritmo adversário e teve boa chance logo depois do gol. Referência no ataque, Ricardo Bueno recebeu na meia-lua e chutou para fora. Ele teve outra chance aos 16 minutos, mas desta vez não pegou bem na bola e mandou por cima.

Implacável, o Guarani seguiu no ataque e chegou com Arthur Rezende, após boa jogada de Lucas Crispim, e tentativa sem perigo de Bruno Sávio, que chegou ao gol na tentativa seguinte, aos 25 minutos. Lucas Crispim driblou bem o marcador e chutou de fora da área. O goleiro deu rebote e Bruno Sávio apareceu bem para completar e aumentar a vantagem.

Ciente do melhor momento, o Guarani não desacelerou e quase fez o terceiro com Waguininho, que cabeceou forte, mas no meio do gol. Aos 30 minutos, o time paranaense conseguiu outra chance, desta vez com Diego Cardoso. Ele invadiu a área pela direita e chutou cruzado, mas para fora.

Principal armador do Guarani, Lucas Crispim deixou sua marca ainda na primeira etapa. Em rápido contra-ataque, o meia chegou na entrada da área, tinha opções de passe, mas chutou colocado e marcou um belo gol aos 36 minutos.

O segundo tempo foi bem mais tranquilo, com o Operário buscando exercer pressão para diminuir o placar e o Guarani bem postado defensivamente. Em dois cruzamentos perigosos de Douglas Coutinho e Thomaz, o zagueiro Didi e o goleiro Gabriel Mesquita apareceram bem para afastar antes de a bola chegar nos adversários.

O Guarani respondeu com chute de Lucas Crispim, aos 24 minutos, que passou por cima do gol. Uma boa chegada só voltou a surgir aos 33, a favor do time de Campinas. Bidu foi acionado pela esquerda e tocou rasteiro para Giovanny, dentro da área. Ele completou de primeira e a bola passou perto do gol. A partir daí, o Guarani controlou bem as ações e garantiu o placar com tranquilidade.

O primeiro a voltar a campo pela 28.ª rodada é o Operário-PR, que enfrenta o Sampaio Corrêa na sexta-feira, às 16h, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. No domingo, às 20h30, o Guarani faz o último jogo da rodada diante do Brasil-RS, no estádio Bento Freitas, em Pelotas.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 3 X 0 OPERÁRIO-PR

GUARANI - Gabriel Mesquita; Cristovam, Wálber, Didi e Bidu; Bruno Silva, Arthur Rezende (Eliel) e Lucas Crispim (Rickson); Bruno Sávio (Rafael Costa), Waguininho (Giovanny) e Pablo (Renanzinho). Técnico: Felipe Conceição.

OPERÁRIO-PR - Thiago Braga; Sávio, Bonfim, Ricardo Silva e Fabiano (Clayton); Leandro Vilela, Mazinho (Julinho) e Rafael Chorão (Douglas Coutinho); Thomaz (Alemão), Ricardo Bueno e Diego Cardoso (Jorge Jiménez). Técnico: Matheus Costa.

GOLS - Waguininho, aos oito, Bruno Sávio, aos 25, e Lucas Crispim, aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Diego da Silva Castro (PI).

CARTÕES AMARELOS - Bruno Silva (Guarani). Ricardo Silva, Rafael Chorão, Ricardo Bueno e Jorge Jiménez (Operário-PR).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Tags: serieb americamg cruzeiroec guaranisp operariopr