Internacional

ESPORTE NA TV

Muricy Ramalho reprova críticas de Thiago Neves a Ceni no Cruzeiro: 'Não colaborou com nada'

Meia criticou mudanças feitas no time por técnico Rogério Ceni

postado em 05/09/2019 19:52 / atualizado em 05/09/2019 19:57

<i>(Foto: Reprodução/SporTV)</i>
O ex-técnico Muricy Ramalho, hoje comentarista do SporTV, reprovou nesta quinta-feira as críticas de Thiago Neves às mudanças promovidas por Rogério Ceni no Cruzeiro na partida de quarta, contra o Internacional, pela semifinal da Copa do Brasil. 

Depois da derrota cruzeirense para o Internacional, por 3 a 0, Thiago Neves considerou “muita coisa mudar três ou quatro jogadores em uma decisão fora de casa”, além de revelar que o grupo ficou sabendo da escalação somente na preleção. 

 “A gente ficou sabendo na preleção, sei lá, duas ou três horas antes do jogo. Na minha opinião, achei muito em cima da hora. Você improvisar três ou quatro jogadores numa linha que já vinha formada há dois anos. Nada contra, óbvio que queremos ganhar, jogadores que entraram jogaram bem, mas é muita coisa para um segundo jogo de semifinal”, disse Neves.

Durante o programa Seleção SporTV, nesta quinta-feira, Muricy criticou a atitude de Thiago Neves. “Dá vontade de perguntar ao Thiago, desculpa hein Thiago, mas como você foi no jogo ontem? Como foi ontem, jogou bem? Eu não vi você no segundo tempo também. O Rogério Ceni não vai falar na coletiva. Isso que ele discutiu publicamente tem que conversar com o treinador”.

Muricy também acha pouco provável que Ceni tenha segurado a divulgação do time para algumas horas antes do jogo. “É estranha essa história que três horas antes mudou a escalação. Eu duvido que um técnico mude na preleção um time todo. É loucura isso, não existe. Já aconteceu, mas é pouco usual, ainda mais o Ceni que é antenado, atual”.

“Não colaborou com nada, então vai me desculpar. É bom jogador, mas não foi bem ontem e tem que reconhecer e tem que ter calma na hora de falar”, concluiu Muricy sobre Thiago Neves.

Tags: thiago neves seriea copadobrasil internacionalrs ceni cruzeiroec