Palmeiras

ATLÉTICO

Santana reclama de pênalti em Rabello, mas se diz satisfeito com empate do Atlético contra o Palmeiras

Galo ficou no 1 a 1 com o Porco, em jogo do Brasileiro

postado em 06/10/2019 19:20 / atualizado em 06/10/2019 19:36

<i>(Foto: Bruno Cantini / Atlético)</i>

Rodrigo Santana aprovou o novo sistema tático do Atlético com três zagueiros. O time mineiro conseguiu segurar o Palmeiras, mas levou o empate no fim da partida. O confronto ficou no 1 a 1. O treinador ainda lamentou que o árbitro não revisou um possível pênalti de Felipe Melo em Igor Rabello, no primeiro tempo. Apesar disso, ele aprovou o resultado.

“A gente veio para segurar o Palmeiras, nossa proposta era defender e sair nos contra-ataques. Primeiro tempo tivemos as melhores chances de gol, parece que aos 19 minutos teve uma penalidade,  mas o VAR não foi consultado. Mas a gente saiu com a sensação de que poderia ter saído com a vitória. Apesar da pressão pelo estádio cheio e do Palmeiras brigando pelo título, acredito que este ponto foi muito válido”, disse.

Santana revelou que ficou surpreso com o bom desempenho do time alvinegro com o novo esquema. A tendência é que ele continue adotando a escalação com três zagueiros no jogo contra o Flamengo, na quinta-feira, às 20h, no Maracanã.

“Foi, inclusive, até surpreendente. Tive dois dias para treinar, que é muito pouco em função dessa sequência de jogos. E eles responderam muito bem. Não é fácil vir aqui e defender os 90 minutos. A gente sabe como é difícil segurar o Palmeiras aqui dentro. Então, estou muito satisfeito. E espero treinar mais para ficar ainda mais eficiente”, disse o treinador.

Reclamação de pênalti


Rodrigo Santana reclamou de um possível pênalti não marcado para o Atlético. Em lance no primeiro tempo, Igor Rabello e Felipe Melo disputaram bola na área. O volante deu um leve empurrão no zagueiro do Atlético, que desabou. Na transmissão da TV Globo, o comentarista de arbitragem Paulo Cesar de Oliveira disse que não marcaria a penalidade.

“Isso que a gente não consegue entender. A gente sabe que toda vez que a bola para tem que seguir o protocolo. Então, se o árbitro não viu, o VAR consulta e espera a bola sair para analisar o lance. Por que não analisou? Por que foi para o Atlético? O Atlético está fora de casa, não está com situação boa... Não sei se, de repente, outro clube que está brigando pelo título o VAR seria consultado. Mas foi injusto. Se tem VAR para um lado, tem que ter para o outro. Mais uma vez o Atlético foi prejudicado. A TV mostrou o empurrão com os dois braços. Poderia ser outro resultado”, disse Santana.

Tags: seriea palmeirassp santana atelticomg