São Paulo

MERCADO

Cueva revela desejo de voltar ao São Paulo e aceitaria contrato por produtividade

Peruano disse que mudaria comportamento em segunda passagem pelo clube

postado em 12/06/2020 15:54 / atualizado em 12/06/2020 16:04

(Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
A passagem de Christian Cueva pelo São Paulo foi repleta de polêmicas e marcada por momentos de altas e baixas. O meia não permanecerá no Pachuca, do México, e está livre para procurar oportunidades em outros clubes. Perguntado se desejaria retornar ao Tricolor, dessa vez com um contrato de produtividade, o peruano não titubeou ao responder.

"Quem não gostaria? Eu gostaria, qualquer jogador gostaria de voltar para o São Paulo, primeiro pelo que o São Paulo me deu, pela oportunidade que me deu, e depois por como minha família se sentia em São Paulo, pelo jeito que a torcida me apoiou", afirmou o jogador em uma live do perfil Notícias do Tricolor, no Instagram.

Cueva acredita que teria um outro comportamento caso recebesse uma segunda chance de atuar pelo time do Morumbi. Em sua passagem, o meia foi duramente criticado por torcedores pela falta de comprometimento apresentada.

"Claro que ter uma segunda oportunidade significa dar mais do que você deu na primeira, então é lógico que eu gostaria, mas isso só Deus sabe e só o tempo dirá. Vamos esperar o que Deus quer para mim, vamos ver se o São Paulo vai pensar novamente no Cuevinha", disse o meia.

O jogador peruano não esconde o carinho que sente pelo Tricolor, comparando o clube com seu time de coração de seu país natal.

"Sou torcedor do Alianza, mas sempre simpatizei muito pelo Boca. São equipes muito parecidas, do povo, e eu gosto muito de equipes assim. No São Paulo eu sentia o mesmo, foi lindo quando estive por lá, porque me ensinou muitas coisas. Jogar no São Paulo é totalmente diferente", finalizou.

Cueva chegou ao São Paulo em junho de 2016, após se destacar pelo Toluca, do México. Pelo Tricolor, o meia disputou 87 partidas e marcou 20 gols. Em seguida, o jogador foi vendido ao Krasnodar, da Rússia, tendo sido comprado pelo Santos no início do ano passado, após indicação de Jorge Sampaoli.

Tags: são paulo futinternacional futnacional mercadobola cueva