IDEALIZAÇÃO IDEALIZAÇÃO REALIZAÇÃO REALIZAÇÃO PROMOÇÃO PROMOÇÃO OFERECIMENTO OFERECIMENTO AUDITORIA AUDITORIA

TROFÉU TELÊ SANTANA

Mesmo com rebaixamento à Série B, Cruzeiro tem linha de defesa premiada no Troféu Telê Santana

Fábio, Orejuela, Cacá e Leo foram reconhecidos por desempenhos individuais

postado em 18/02/2020 21:40 / atualizado em 18/02/2020 21:48

(Foto: Montagem com fotos de Bruno Haddad/Cruzeiro)
A temporada de 2019 ficará marcada na memória dos torcedores do Cruzeiro. Pela primeira vez na história, o clube foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. Não bastasse isso, os cruzeirenses acompanharam a reputação do clube ser jogada na lata do lixo após denúncias de corrupção envolvendo diretores da gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá.

Apesar dos resultados ruins dentro de campo, o Cruzeiro, líder histórico do Troféu Telê Santana, viu quatro de seus jogadores levarem a estatueta do 'Oscar do futebol mineiro'. Coincidentemente (ou não), três deles permaneceram no clube para disputar a chamada “temporada da reconstrução”, em 2020.

Foram premiados na noite desta terça-feira, no Mineirão, o goleiro Fábio - que venceu o prêmio pela 19ª vez; o lateral-direito Orejuela, hoje emprestado ao Grêmio; o experiente Leo, capitão time de Adilson Batista, além do jovem zagueiro Cacá, de 20 anos. A linha de defesa ainda teve João Paulo, lateral-esquerdo do América.

Por vídeo, Leo exaltou a premiação. "Quero agradecer mais um troféu do Telê, fico feliz e honrado por receber esse troféu. Um troféu tão renomado. Não pude estar presente, pelos nossos compromissos, já estamos em Tombos, mas agradeço a todos que votaram e me elegeram", disse.

Outro que agradeceu a votação foi o zagueiro Cacá. "Queria deixar meu agradecimento a todos que votaram em mim. É muito importante ganhar esse Troféu Telê. Queria agradecer a todos que votaram em mim, a organização, espero ganhar mais vezes. Infelizmente não posso estar presente, mas fica aqui meu agradecimento e um grande abraço a todos", finalizou. 

Na setor ofensivo, outro cruzeirense (agora ex-jogador do clube), também recebeu uma estatueta do Troféu Telê Santana: Fred, artilheiro do futebol mineiro em 2019 com 21 gols em 54 jogos. Na temporada passada, o camisa 9 marcou 12 gols pelo Estadual, cinco pelo Campeonato Brasileiro e quatro na disputa da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, o atacante conseguiu uma liminar para rescindir seu contrato com a Raposa. 

Como teve a programação alterada de última hora, os jogadores do Cruzeiro não puderam comparecer ao evento de premiação do Telê Santana. Eles já viajaram para Tombos, onde enfrentam o Tombense, em jogo adiado da 2ª rodada do Campeonato Mineiro, e marcado para as 19h desta quinta-feira. 

Membros do Núcleo Dirigente Transitório, que administram o Cruzeiro desde as renúncias do presidente Wagner Pires de Sá e de seus vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata, em dezembro, estiveram no evento e representaram os jogadores vencedores.

Tags: serieb cruzeiroec interiormg futnacional Troféu Telê Santana