UAI

2

Mancini projeta mercado do América e cita fator que dificulta contratações

Treinador comentou a possibilidade do Coelho se reforçar na próxima janela de transferências, que será aberta no dia 18 de julho

01/07/2022 06:00 / atualizado em 01/07/2022 10:36
compartilhe
Mancini ainda disse qual o perfil de atleta o América busca
foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA.Press

Mancini ainda disse qual o perfil de atleta o América busca


A janela de transferências se abre no dia 18 de julho. Diante disso, o técnico Vagner Mancini explicou o que o América busca no 'mercado' da bola e citou o fator financeiro como dificultador do clube para fazer contratações.




"Por mais atletas que você tenha, todos oscilam, e essa oscilação ao longo do ano faz com que você precise ter peças de reposição. Se você acha no mercado aquilo que necessita naquele momento, o que é muito difícil, porque normalmente não conseguimos nunca achar aquilo que queremos", afirmou o técnico, em entrevista coletiva após a vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo, nessa quinta-feira (30), pela Copa do Brasil.

Apesar de a diretoria do América afirmar que não pretende se desfazer de nenhum atleta do grupo atual, Mancini não descartou essa possibilidade. Ele ainda ressaltou a importância de se buscar reposições caso isso ocorra. 

"É importante quando você repõe algumas peças. Se, porventura, perdemos alguém nesta janela, temos que substituir à altura. A partir do momento que substituímos com mais atletas que possam entrar e fazer parte dos 11, o América está aumentando o lastro dele e, quando for oscilar, terá mais peças", afirmou.

Por fim, Mancini traçou o perfil que o América busca: um jogador que busque por oportunidades, entenda o modelo de jogo da equipe e tenha identificação com o clube. 

"Estamos atentos ao mercado, mas infelizmente não conseguimos competir financeiramente em alguns momentos. Nós temos que buscar o cara que acredita no projeto. Acredita que se ele vier aqui ele vai ter oportunidade de jogar, que o time joga dessa forma, e às vezes, ele se identificando com isso, prefere jogar com o América. É esse perfil que buscamos", finalizou.

América no mercado


Mancini ainda não participou da montagem do elenco no comando do América. Esta será a primeira vez em que o treinador poderá respaldar as contratações feitas pela diretoria. 

Atualmente, o grupo do Coelho conta com 39 atletas. Todas as posições têm ao menos três opções. Mesmo com o elenco 'inchado', a tendência é que ocorram poucas saídas ou até mesmo nenhuma.
 
Em 2022, o América já contratou o goleiro Jailson; o lateral-direito Raúl Cáceres; os zagueiros Éder, Conti, Maidana, Luan Patrick e Gabriel Gomes; o lateral-esquerdo Danilo Avelar; os meias Índio Ramírez e Matheusinho; e os atacantes Pedrinho, Everaldo, Paulinho Boia, Aloísio, Wellington Paulista e Henrique Almeida.
 

Visão da diretoria


Em entrevista concedida na quarta-feira, Marcus Salum, presidente SAF do América, destacou que o clube não necessita de investidores para trazer um 'grande nome', mas sim da vontade do atleta em atuar pelo clube.



"Nós não precisamos do investidor para trazer o jogador. Nós precisamos é do jogador que a gente acredita que vai fazer isso pra nós. Se ele tiver o nome, pode me dar", declarou o dirigente que trata diretamente do futebol e da futura SAF do Coelho.

Compartilhe