Atlético-GO

SÉRIE B

Com gol no final, América arranca empate com Atlético-GO e se mantém na briga pelo acesso

Matheusinho marca aos 45 do segundo tempo e mantém Coelho perto do G4

postado em 25/10/2019 21:24 / atualizado em 25/10/2019 23:59

<i>(Foto: Heber Gomes/AGIF/Estadão Conteúdo)</i>

Com gol aos 45 minutos do segundo tempo, o América arrancou empate em 2 a 2 com o Atlético-GO e se manteve na briga pelo acesso à elite nacional. As equipes se enfrentaram nesta sexta-feira, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Os gols do Dragão foram marcados no primeiro tempo por Aylon, ex-América, e Pedro Raul. Na volta do intervalo, o Coelho buscou o resultado com Geovane e Matheusinho.

Com o empate, o time alviverde chegou aos 48 pontos, mesma pontuação do Coritiba, quarto colocado da Série B. O Coelho se manteve atrás do Coxa, na quinta posição, devido ao saldo de gols (8 a 6), segundo critério de desempate.

O próximo compromisso do América é contra a Ponte Preta, no próximo sábado, 2 de novembro, às 19h, no Independência. O Atlético-GO, por sua vez, encara o Operário-PR um dia antes, às 20h30, no estádio Germano Krügerem, em Ponta Grossa, no Paraná. 



Não consegue carregar a galeria? CLIQUE AQUI

O jogo

O primeiro lance de perigo da partida foi do Atlético-GO, logo aos cinco minutos de jogo. Após chute cruzado de Moacir, Pedro Raul empurrou a bola para a rede. Porém, o bandeira viu impedimento do atacante e invalidou o gol do time goiano.

Aos 11’ foi a vez do América levar perigo. O meia-atacante Matheusinho recebeu cruzamento de Diego Ferreira, dominou já dentro da área e finalizou de perna esquerda, mas a bola foi por cima da meta de Kozlinski.

Quatro minutos depois, Júnior Viçosa quase abriu o placar para o Coelho. O atacante dominou na entrada da área, driblou o marcador e finalizou colocado. A bola desviou na zaga e obrigou o goleiro a fazer bela defesa.

Apesar de as melhores chances terem sido do América, quem saiu na frente do marcador foi o Atlético-GO. Aos 20’, Jonathan cobrou lateral para Mike, que devolveu para o camisa 2 cruzar para Aylon. O atacante, ex-Coelho, subiu mais que Leandro Silva e cabeceou para o gol de Airton: 1 a 0 para o Dragão.

Mesmo com a vantagem no placar, o Atlético-GO não parou de pressionar o Coelho. Aos 30’, Willian Maranhão perdeu a bola no meio de campo e proporcionou um contra-ataque ao Dragão Campineiro. Com a defesa americana desmontada, Mike lançou Moacir, que avançou pela direita e cruzou na segunda trave para Pedro Raul ampliar para os donos da casa: 2 a 0

No fim da primeira etapa, aos 46’, o América ainda teve uma chance de ir para o vestiário com uma desvantagem menor. Após lançamento, Júnior Viçosa dominou mal a bola, que escapou e obrigou Kozlinski deixar o gol e cercar o atacante. Para aproveitar a chance, o camisa 33 cruzou para Juninho finalizar sem goleiro. De cabeça, o zagueiro Lucas Rocha salvou o Atlético-GO em cima da linha. 

Persistência e recompensa 

No segundo tempo, o técnico Felipe Conceição fez substituições para deixar o América mais ofensivo e correr atrás do prejuízo. Logo aos 10’, o treinador sacou o volante Willian Maranhão para colocar o meia Geovane. Um minuto depois, o lateral-direito Leandro Silva deu lugar ao atacante Rafael Bilu. 

E a insistência alviverde foi recompensada. Aos 27’, a zaga do Dragão saiu jogando errado. Matheusinho recuperou a posse e rolou para Geovane, que havia entrado há pouco tempo, bater colocado. Caprichosamente, a bola bateu na trave e nas costas de Kozlinski antes de entrar no gol.

Aos 45’, mais um jogador que saiu do banco de reservas foi decisivo para o América. Rafael Bilu fez boa jogada pela esquerda, cortou o zagueiro e chutou cruzado. A bola bateu nas costas do goleiro e sobrou para Matheusinho empatar o jogo: 2 a 2.

O América ainda teve a chance de virar o placar. Aos 48’, Matheusinho chutou de fora da área, mas parou no goleiro Kozlinski, que fez grande defesa e segurou o empate.

ATLÉTICO-GO 2X2 AMÉRICA

ATLÉTICO-GO: 
Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira e Nicolas; Nathan, Moacir e Jorginho (André Castro, aos 34’ do 2ºT); Mike, Pedro Raul (Rodrigo Rodrigues, aos 5’ do 2ºT) e Aylon (Matheuzinho, aos 30’ do 2ºT). Técnico: Eduardo Barroca

AMÉRICA: 
Airton; Leandro Silva (Rafael Bilu, aos 11’ do 2ºT), Lucas Kal, Ricardo Silva e Sávio; Flávio (Jonatas Belusso, aos 39’ do 2ºT), Willian Maranhão (Geovane, aos 10’ do 2ºT) e Juninho; Diego Ferreira e Matheusinho; Júnior Viçosa. Técnico: Felipe Conceição

Árbitro: Vinícius Furlan (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

GOLS: Aylon, aos 20’ do 1ºT e Pedro Raul, aos 30’ do 1ºT (ACG); Geovane, aos 27’ do 2ºT, e Matheusinho, aos 45’ do 2ºT (AME)

Cartões amarelos: Willian Maranhão, aos 12’ do 1ºT e Felipe Conceição, aos 47' do 2ºT (AME); Moacir, aos 36’ do 1ºT e Matheuzinho, aos 38’ do 2ºT (ACG)

Motivo: 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Estádio: Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Data: sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Público: 6.712 pessoas

Renda: R$ 65.185,00

Tags: americamg seriea futnacional interiormg atleticogo