América

AMÉRICA

Conceição vê empate com 'gosto de vitória' e diz que América vai lutar pelo acesso até o fim

Técnico elogia o grupo pela reação e avisa: 'Vamos brigar, e muito'

postado em 25/10/2019 22:58 / atualizado em 26/10/2019 00:02

<i>(Foto: Estevão Germano/América)</i>

Com um gol de Matheusinho no fim do jogo, o América empatou em 2 a 2 com o Atlético-GO, nesta sexta-feira, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato BrasileiroQuinto colocado com 48 pontos, o clube se mantém na briga pelo G4. Após a partida, o técnico Felipe Conceição elogiou o time e disse que o Coelho lutará pelo acesso à elite do futebol nacional até o fim da competição.

“Um time que vai brigar para subir até a última rodada. Enquanto a gente tiver chances, vamos brigar, e muito. Isso nós demonstramos hoje (sexta-feira). É um time que quer muito esse acesso, passou por coisas que outras equipes não passaram na competição e isso cria casca”, disse o comandante técnico.

O Atlético-GO tinha o jogo nas mãos até os 27 minutos da etapa final. Em poucos minutos, o América conseguiu o empate. Para Conceição, o resultado tem um gosto de vitória pelo poder de reação da equipe. 

“Uma vitória de um grupo que tem alma, que é muito forte coletivamente e, mesmo dentro das adversidades, esse grupo já mostrou que tem muita força para reação. Nós fizemos isso na competição e no jogo de hoje (sexta-feira)”, avaliou.

Com dois gols no primeiro tempo e a vantagem do Dragão no placar até a metade do segundo, o treinador não acredita que América tenha tido desempenhos diferentes em cada uma das etapas da partida. “Acho que o primeiro tempo foi um jogo equilibrado. Nós chegamos também e cometemos erros que não vínhamos cometendo. E nesses detalhes, a equipe do Atlético-GO tem bons valores individuais e acabou aproveitando essas oportunidades e abrindo a vantagem”.


Substitutos

Titular na lateral esquerda nesta sexta-feira, Sávio sofreu com as investidas de Mike e Moacir. Pelo seu lado, saíram as duas jogadas de gol do time goiano. Para o comandante técnico, foram mais méritos do adversário do que falhas defensivas. “Isso acontece, ainda mais enfrentando uma equipe forte, principalmente com valores individuais acima da média, mas nós conseguimos corrigir durante a partida e o próprio Sávio no segundo tempo foi muito bem”.

Logo aos 12’ da etapa inicial, o volante Willian Maranhão foi advertido com um cartão amarelo. No segundo tempo, o camisa 88 deu lugar a Geovane, autor do primeiro gol americano. Questionado se fez a substituição visando a próxima partida (Maranhão não enfrenta a Ponte Preta por conta de suspensão automática), Felipe Conceição disse que pensava em correr atrás do placar.

“Não, eu estava pensando no jogo. E perdendo o jogo, o Geovane tem uma característica um pouco mais ofensiva do que o Maranhão, e ele já tinha um amarelo. Juntou as duas coisas fiz a primeira (substituição) nesse sentido, pensando no cartão, numa ofensividade maior sem perder o equilíbrio, porque estávamos jogando com uma equipe forte”, explicou.

Próximos confrontos

Os dois próximos compromissos do América pela Série B são dentro de casa. No próximo sábado, 2 de novembro, o Coelho enfrenta a Ponte Preta, às 19h, no Independência. Depois, recebe o Paraná, no dia 5, terça-feira, às 20h30, também no Horto. Para o treinador, o pensamento é jogo a jogo

“Não posso pensar nos dois, tenho que pensar na Ponte, o próximo jogo. Nós fizemos isso desde o início então vamos continuar, porque a cada jogo é uma decisão. Você pode ter certeza que hoje foi um aprendizado grande e trouxe mais casca e mais força para a nossa equipe”, concluiu.

Tags: americamg seriea futnacional interiormg