Atlético

AFOGADOS

Em maior jogo da história do Pajeú, Afogados recebe Atlético/MG pela Copa do Brasil

Coruja de Afogados da Ingazeira chegou à segunda fase após golear Atlético/AC em sua estreia por torneios nacionais; vencedor leva R$ 1,5 milhão

postado em 26/02/2020 10:33 / atualizado em 26/02/2020 11:08

(Foto: Cláudio Gomes/AIFC)
Na noite desta quarta-feira de cinzas, pela primeira vez, um dos maiores clubes do Centro-Sul do Brasil jogará oficialmente no Sertão do Pajeú. Às 21h30, o Vianão, em Afogados da Ingazeira, receberá o confronto entre Afogados e Atlético Mineiro, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Para a microrregião e para a Coruja sertaneja, o jogo tem caráter de maior da história.

Após se classificar para a disputa da Copa do Brasil no Estadual de 2019 e eliminar o Atlético Acreano com uma vitória por 3 a 0 na primeira fase do torneio, o Afogados, agora, recebe o Atlético/MG. Na fase anterior, o alvinegro empatou sem gols com o Campinense, equipe que, assim como o Afogados, está na Série D.

Com a participação nas duas primeiras fases, o time sertanejo já acumulou R$ 1,19 milhão, valor que quase banca toda sua folha salarial para toda a temporada. Para os mineiros, que fazem parte da maior cota do torneio, o valor acumulado já está em R$ 2,4 milhões, o que sequer chega perto da folha mensal do Galo. O vencedor do confronto fatura mais R$ 1,5 milhão e enfrenta o vencedor de Ponte Preta e Vila Nova, que se enfrentam nesta quinta.

O jogo acontece no Vianão, estádio com capacidade para 2 mil torcedores, mas que, desde o confronto com o Santa Cruz, na última quarta-feira, pelo Pernambucano, tem um incremento de 3 mil lugares através de uma arquibancada móvel, permitindo até 5 mil pessoas no estádio. Caso tenha casa cheia, O Vianão acolherá um a cada oito habitantes de Afogados da Ingazeira, cidade com população de 37.259 moradores, segundo o IBGE.

FICHA TÉCNICA

Afogados
Wallef; Jader, Márcio, Heverton e Thalison; Douglas Bomba, Eduardo Erê e Candinho; Phillip, Erivelton e Diego Ceará. Técnico: Pedro Manta.

Atlético/MG
Michael; Guga, Igor Rabello, Gabriel e Guilherme Arana; Jair, Allan e Nathan; Rómulo Otero, Hyoran e Franco di Santo (Ricardo Oliveira). Técnico: Rafael Dudamel.

Local: Estádio Vianão
Hora: 21h30
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior e Lehi Sousa Silva