UAI

2

Pedrinho será o reforço mais jovem da 'era Rodrigo Caetano' no Atlético

Aos 24 anos, meia-atacante ex-Corinthians é o 13° reforço contratado durante o trabalho do diretor de futebol no Galo; jogador será anunciado por empréstimo

Meia-atacante Pedrinho, próximo reforço do Atlético, em ação pelo Shakhtar Donetsk
foto: Valery Hache/AFP

Meia-atacante Pedrinho, próximo reforço do Atlético, em ação pelo Shakhtar Donetsk


O meia-atacante, Pedrinho, de 24 anos, será o reforço mais jovem da "era Rodrigo Caetano" no Atlético. A contratação do atleta, por empréstimo junto ao Shakhtar Donetsk (Ucrânia), está em vias de ser anunciada.
 

Veja todos os reforços contratados por Rodrigo Caetano no Atlético

 

Desde a chegada de Rodrigo Caetano, em janeiro de 2021, o Atlético fechou 13 contratações - incluindo Pedrinho. A média de idade desses reforços, à época de suas chegadas, é de 29,2 anos.

O jogador mais velho contratado durante a passagem do dirigente foi o zagueiro uruguaio Diego Godín, que chegou ao Galo aos 35 anos. O defensor, no entanto, não se adaptou ao futebol brasileiro e deixou o clube mineiro após nove partidas para representar as cores do Vélez Sarsfield, da Argentina.

 

 


A contratação de jogadores mais experientes, aliás, tem sido uma característica do trabalho de Rodrigo Caetano no mercado durante a passagem pelo Atlético. Chegaram atletas como o atacante Hulk (aos 34 anos), o meia Nacho Fernández (aos 31 anos) e os atacantes Diego Costa (aos 32 anos) e Alan Kardec (aos 33 anos).

Antes de Pedrinho, o reforço mais jovem contratado pelo diretor de futebol havia sido Fábio Gomes. O atacante também chegou ao Galo aos 24 anos, mas nasceu em 1997, enquanto o novo meia-atacante do Atlético nasceu em 1998.

Idades dos reforços contratados por Caetano no Atlético


  1. Hulk (atacante) - 34 anos
  2. Dodô (lateral-esquerdo) - 28 anos
  3. Nacho Fernández (meia-atacante) - 31 anos
  4. Tchê Tchê (volante) - 28 anos
  5. Diego Costa (atacante) - 32 anos
  6. Ademir (atacante)  - 26 anos
  7. Fábio Gomes (atacante) - 24 anos (nasceu em 1997)
  8. Godín (zagueiro) - 35 anos
  9. Otávio (volante) - 27 anos
  10. Junior Alonso (zagueiro) - 29 anos
  11. Jemerson (zagueiro) - 29 anos
  12. Alan Kardec (atacante) - 33 anos
  13. Pedrinho (meia-atacante) - 24 anos (nasceu em 1998)

Uniformes do Atlético feitos pela Le Coq



Oportunidades de mercado


A chegada de Rodrigo Caetano também trouxe uma grande mudança no perfil de investimentos do Atlético. Ainda sob o comando do argentino Jorge Sampaoli, no ano de 2020, os 4R's aplicaram centenas de milhões de reais em reforços para tornar o time mais competitivo.

Desde a vinda de Caetano, no entanto, o cenário mudou. Apenas duas das 13 contratações concretizadas durante o trabalho do dirigente careceram de investimentos por parte do Atlético e/ou seus mecenas.
 
 

Em fevereiro de 2021, Nacho Fernández foi adquirido junto ao River Plate, da Argentina, com o custo de R$ 32 milhões. Além do argentino, somente em janeiro de 2022, o Atlético voltou a investir para concretizar uma contratação: a do atacante Fábio Gomes, junto ao Oeste, por valores não divulgados.

Todas as outras negociações foram tratadas pelo Galo como oportunidades de mercado. Com dívida bilionária, o clube mineiro prioriza tratativas com jogadores em fim de contrato ou sem clube - situações que desobrigam a necessidade de um investimento para compra.

Compartilhe