UAI

2

Lucas Gonçalves aponta motivos para o Atlético acreditar em títulos em 2022

Auxiliar fixo vê Galo em plenas condições de buscar novas conquistas na temporada, mas aponta caminho para evolução em todos os sentidos com Cuca

25/07/2022 04:30
compartilhe
Auxiliar fixo Lucas Gonçalves comandou o Atlético de forma interina antes do retorno de Cuca
foto: Pedro Souza/Atlético

Auxiliar fixo Lucas Gonçalves comandou o Atlético de forma interina antes do retorno de Cuca


O auxiliar fixo Lucas Gonçalves, que comandou o Atlético interinamente após a saída de "El Turco" Mohamed, apontou motivos para que o clube acredite em novos títulos em 2022. O profissional também detalhou uma espécie de caminho a seguir para evolução e retomada das boas atuações.
 
 

Após a derrota de virada para o Corinthians, nesse domingo (24), Gonçalves disse acreditar que a "qualidade individual" dos jogadores e a "busca da retomada da confiança" farão o Atlético alçar novos voos altos ainda na atual temporada. Ele avaliou positivamente a atuação do Galo contra o Timão.

"A qualidade individual dos jogadores, essa busca da retomada da confiança, principalmente pelo primeiro tempo. O time teve muito controle do jogo através da posse de bola, mas, mesmo assim, não deixou de ser agressivo, que é uma característica do Galo. Quando entrava perto da área do Corinthians, a gente era muito agressivo na definição das jogadas. Se criou muita finalização", analisou.
 

21 momentos marcantes do técnico Cuca pelo Atlético

 

"Não tenha dúvida: o segundo turno do Campeonato Brasileiro, assim como na Libertadores, o Atlético vai entrar para vencer os campeonatos. Essa é a estratégia desde o início do ano e não vai ser agora que vai ser diferente. Estamos brigando por posições acima, tem muito campeonato pela frente e a ideia é que se brigue até o final", completou.
 

Caminho para os títulos


O auxiliar fixo do Atlético também apontou o caminho para as grandes atuações e novas conquistas: "treinar bastante" e "readquirir a confiança" dos atletas. O profissional avalia que, ainda que o elenco atleticano seja experiente, momentos de baixa moral são comuns no futebol.

"Treinar. Treinar bastante e tentar readquirir a confiança dos jogadores. Isso, talvez, seja o fator mais importante. O time, às vezes, quando não consegue os resultados, do jeito que está acontecendo, a confiança abaixa. Por mais experiente que seja o grupo, isso faz parte para os jogadores de futebol. Então, a ideia é que eles readquiram cada vez mais a confiança fazendo bons jogos, como foi hoje. Naturalmente, a vitória vai voltar a acontecer e, consequentemente, a confiança vai voltar e os gols vão acabar saindo", projetou.
 
 

Cuca deve ser apresentado oficialmente pelo Atlético nesta terça-feira (26), na parte da tarde, na Cidade do Galo. O treinador paranaense terá cinco dias de atividades no CT antes da reestreia, contra o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida será realizada no domingo (31), às 16h.

Compartilhe