UAI

2

Ex-Cruzeiro, Vitor Roque estreia em derrota do Athletico e faz boas jogadas

Ex-atacante do Cruzeiro jogou 15 minutos em derrota do Furacão para o Atlético, por 1 a 0, na Arena da Baixada, e criou as melhores jogadas ofensivas

17/04/2022 22:42 / atualizado em 17/04/2022 23:06
compartilhe
Vitor Roque jogou 15 minutos na derrota do Athletico-PR para o Atlético, por 1 a 0, na Arena da Baixada
foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br

Vitor Roque jogou 15 minutos na derrota do Athletico-PR para o Atlético, por 1 a 0, na Arena da Baixada

 

Uma semana depois de deixar o Cruzeiro, o atacante Vitor Roque, de 17 anos, estreou pelo Athletico-PR neste domingo (17), na derrota por 1 a 0 para o Atlético, na Arena da Baixada, em Curitiba. O jogador foi escalado pelo técnico Fábio Carille nos 15 minutos finais, no lugar do também ex-cruzeirense Orejuela, e ajudou a melhorar a produção ofensiva do Furacão.



Vitor Roque entrou em campo aos 35 minutos da etapa final e atuou como ponta direita, mesma função que desempenhava sob o comando de Paulo Pezzolano no Cruzeiro. Aos 41, mesmo com dois marcadores, ele conseguiu ir ao fundo e cruzar na grande área. Pablo escorou e Marlos finalizou com perigo.

Aos 45, Vitor Roque girou e foi derrubado por Nathan Silva na entrada da área. Marlos cobrou na barreira. Em sua última participação efetiva, aos 49 minutos, o jovem atacante recebeu passe de Matheus Felipe e finalizou sobre Everson, goleiro atleticano.

Atacante de R$ 24 milhões


Vitor Roque foi o maior investimento da história do Athletico. O clube paranaense depositou em juízo R$ 24 milhões para tirar a jovem promessa do Cruzeiro. Esse era o valor de sua multa rescisória estabelecida em contrato com a Raposa. 

Este ano, Vitor Roque já havia feito 11 jogos pelo Cruzeiro, nos quais marcou seis gols e deu uma assistência. O garoto era apontado pelo técnico Paulo Pezzolano como peça fundamental na campanha da Série B que mira o acesso.

Cruzeiro vai à Justiça por valor maior


O Cruzeiro pleiteia na Justiça um valor acima dos R$ 24 milhões pagos pelo Athletico-PR pelos direitos econômicos do atacante Vitor Roque. A quantia corresponde à cláusula indenizatória baseada no salário de R$ 12 mil do atleta multiplicado por 2 mil.

Em entrevista gravada na quinta-feira, o diretor executivo do Cruzeiro, Pedro Martins, afirmou que o clube está “tranquilo” com os argumentos para requerer uma multa maior pelo jovem de 17 anos, visto com potencial para atuar no futebol europeu e na Seleção Brasileira.

“O clube pretende judicializar os fatos. Estamos muito tranquilos e confortáveis com todos os argumentos jurídicos que existem. E o Cruzeiro buscará na Justiça os seus direitos para receber a multa que é correta”, declarou.

Percentuais de Vitor Roque


O Cruzeiro detinha 50% dos direitos econômicos de Vitor Roque, jogador revelado no América.

Os clubes entraram em choque na Justiça em fevereiro de 2019, quando Vitor, à época com 14 anos, não reapareceu para os treinos no América após receber uma proposta para ingressar na base do Cruzeiro.


Três meses depois, Cruzeiro e América chegaram a um acordo de divisão dos direitos de Roque tão logo ele assinasse o primeiro contrato profissional, em fevereiro de 2021.

Desta forma, caso a quantia de R$ 24 milhões seja confirmada pela Justiça, o Coelho terá direito a R$ 8,4 milhões (35%), enquanto a Raposa ficará com R$ 12 milhões (50%). Já a família do jogador receberá R$ 3,6 milhões (15%).

Compartilhe