Bahia

FUTEBOL NACIONAL

Ceará e Bahia iniciam confiantes a caminhada na nova Copa Sul-Americana

Equipes brasileiras entram em campo nesta quarta-feira (21), a partir das 19h15

postado em 21/04/2021 09:49

(Foto: Divulgação/ Ceará)

Dois clubes nordestinos iniciam, nesta quarta-feira, suas caminhadas dentro da Copa Sul-Americana. O Ceará vai enfrentar o boliviano Jorge Wilstermann, a partir das 19h15, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pelo Grupo C. O Bahia, às 21h30, visita o Montevideo City, do Uruguai, no estádio Parque Vieira, em Montevidéu, pela primeira rodada do Grupo B.
A fase de grupos, aliás, é a grande novidade da competição. Nos moldes da Copa Libertadores, serão oito grupos com quatro times cada, que se enfrentam dentro da chave, em turno e returno, num total de seis jogos. A diferença é que apenas os líderes avançam, já que as oitavas de final contarão com times eliminados da Libertadores.

O Ceará inicia sua segunda participação na Copa Sul-Americana - a primeira foi em 2011 - respaldado por quatro vitórias seguidas, 12 gols marcados e nenhum sofrido nesse período. E tem a vantagem de atuar no Castelão. O estádio da Copa do Mundo de 2014, aliás, registrou focos de incêndio em um dos seus vestiários, nesta terça, mas nada que pudesse atrapalhar a partida. Na competição, a cada partida em casa, o Ceará embolsa US$ 300 mil (cerca de R$ 5 milhões).

"Dentro da Copa do Nordeste é uma final por jogo agora e, se colocar a Sul-Americana, que se classifica um só, cada jogo é uma final. Esse espírito competitivo, de busca incessante da vitória, é de suma importância para terminar na frente, chegar às finais da Copa do Nordeste e chegar na segunda fase da Sula", disse o técnico Guto Ferreira, prometendo lutar pelas duas competições. Na semifinal do Nordestão vai enfrentar o Vitória.

Ele terá força máxima para a estreia e deverá repetir o time que se classificou para as semifinais da Copa do Nordeste no último fim de semana. Vina é um dos destaques do Ceará, que ainda ganhou os reforços de Felipe Vizeu, Jael, Yony González e Stiven Mendoza.

O Jorge Wilstermann, enquanto isso, chegou à fase de grupos após superar o Palmaflor na preliminar. Essa será a quinta participação do clube boliviano na Sul-americana (2007, 2014, 2016, 2018 e 2021).

No Campeonato Boliviano, o Jorge Wilstermann levou 3 a 0 do The Strongest e se manteve na antepenúltima colocação, a um degrau da degola, com apenas três pontos em quatro rodadas.

Bahia animado

 
O Bahia iniciará mais uma participação na Sul-Americana visando superar o desempenho de 2018 e 2020, temporadas em que chegou às quartas de final. Ele também está nas semifinais da Copa do Nordeste tendo pela frente o Fortaleza

Com foco nas bolas paradas, como escanteio e faltas, o Bahia encerrou sua preparação sob comando do técnico Dado Cavalcanti. Outra parte do trabalho foi para melhorar o esquema tático e posse de bola. A única grande ausência será o atacante Rossi, que cumpre suspensão. Com isso, o setor deve ser formado por Óscar Ruiz, Rodriguinho e Gilberto.

O Montevideo chega com grande expectativa por ser um dos clubes adquiridos pelo Grupo City, dono do Manchester City, na Inglaterra, e do New York City, nos Estados Unidos, entre outros A Sul-Americana tem sido o primeiro grande teste da temporada e na primeira fase, os uruguaios eliminaram o compatriota Fénix, por 2 a 0 no placar agregado. O Campeonato Uruguaio ainda não começou.

Tags: futnacional bahiaba cearace sulamericana2021