UAI

2

Santos vence na Vila, mas Corinthians avança às quartas da Copa do Brasil

Peixe ganha clássico por 1 a 0 na Vila Belmiro, mas Timão garante classificação com a goleada no jogo de ida, na Neo Quimica Arena

13/07/2022 23:58 / atualizado em 14/07/2022 00:36
compartilhe
Santos vence clássico da volta, mas o Corinthians avança com goleada em casa
foto: Divulgação/Santos

Santos vence clássico da volta, mas o Corinthians avança com goleada em casa


O Corinthians está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil de 2022. Na noite desta quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas, o Santos até venceu o Timão por 1 a 0, na Vila Belmiro, mas não foi o suficiente para reverter a vantagem construída pela equipe de Vítor Pereira na ida.



No primeiro embate, na Neo Química Arena, o clube do Parque São Jorge goleou o Alvinegro Praiano por 4 a 0. No agregado, portanto, o placar ficou 4 a 1 para o time da capital.

O clássico desta noite ficou marcado por uma enorme confusão após o apito final. Alguns torcedores do Santos invadiram o gramado e partiram para cima de jogadores do Corinthians. O goleiro Cássio chegou a ser agredido duas vezes. Enquanto isso, diversas bombas foram atiradas.

Agora, o Corinthians espera o sorteio da CBF, marcado para a próxima terça-feira, para saber quem será o seu adversário na próxima fase do torneio.

Já o Santos volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O time volta a campo no sábado, às 19h (de Brasília), quando visita o Avaí, pela 17ª rodada. No mesmo dia, mas às 21h, o Timão encara o Ceará, na Arena Castelão.

O JOGO


A primeira etapa foi bem morna na Vila Belmiro. Atuando diante de seus torcedores, os anfitriões tentaram partir para cima nos primeiros minutos. O time, no entanto, encontrou muitas dificuldades para encontrar espaços na forte marcação rival e ser perigoso.

Dessa forma, a primeira finalização do clássico saiu apenas aos 22 minutos. Ângelo recebeu pela direita, cortou para o meio e bateu rasteiro pelo lado. Aos 27, Marcos Leonardo subiu mais que a defesa após cobrança de escanteio e obrigou Cássio  afazer grande defesa.

Do outro lado, o Corinthians só assustou aos 34 minutos. Adson enfiou bom passe para Róger Guedes, que ganhou de Maicon na corrida, foi até a linha de fundo e, mesmo sem ângulo, tentou a finalização. A bola morreu na rede pelo lado de fora.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu no mesmo ritmo. O Santos começou dominando a posse de bola e buscando encontrar espaços na defesa corintiana,. Os donos da casa, entretanto, seguiram com muitas dificuldades para acertarem o último passe.

Enquanto isso, o Timão apostava nos contra-ataques. E a primeira boa chance da etapa final foi justamente dos visitantes. Com 12 minutos, Mosquito pegou a sobra após cobrança de escanteio e devolveu para a área. A bola caiu nos pés de Gil, que dominou e bateu com muito perigo.

Instantes depois, Giovane teve uma chance de ouro de abrir o placar. O garoto recebeu ótimo lançamento e saiu cara a cara com João Paulo, mas bateu para fora.

E o tento perdido acabou custando caro. Isso porque, logo na sequência, o Peixe abriu o placar. Com 21 minutos, Marcos Leonardo recebeu em profundidade e foi derrubado por Cássio na área. O árbitro, então, marcou pênalti. O próprio atacante assumiu a responsabilidade e converteu a cobrança.

O Alvinegro Praiano seguiu rondando a área do Corinthians em busca de mais tentos. Com o relógio marcando 37 minutos, porém, o clima esquentou no gramado. Raul Gustavo e Marcos Leonardo se desentenderam e geraram uma grande confusão. Imediatamente, a torcida santista se inflamou nas arquibancadas e passou a atirar sinalizadores no campo. Os jogadores visitantes, então chegaram a ir para o banco de reservas, mas logo voltaram.

Após cerca de cinco minutos de paralisação, a bola enfim voltou a rolar no Urbano Caldeira. Nos instantes finais, os mandantes seguiram pressionando, mas não foi o suficiente para reverter a vantagem do Timão.

SANTOS 1 x 0 CORINTHIANS


SANTOS
João Paulo; Madson (Lucas Barbosa), Maicon (Luiz Felipe), Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández e Camacho (Bruno Oliveira); Ângelo (Patati), Léo Baptistão (Sánchez); Marcos Leonardo e Lucas Braga
Técnico: Marcelo Fernandes

CORINTHIANS
Cássio; Rafael Ramos, Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo; Du Queiroz (Xavier), Roni e Giuliano (Gustavo Mosquito); Adson (Felipe Augusto), Lucas Piton e Róger Guedes (Giovane)
Técnico: Vítor Pereira

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 13 de julho de 2022
 
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Leirson Peng Martins (RS)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Cartões amarelos: Marcos Leonardo (Santos); Raul Gustavo Du Queiroz, Bruno Melo (Corinthians)

Público: 12.284

Renda: R$ 408.772,50

GOL: Marcos Leonardo, aos 22min do 2ºT

Compartilhe