Cruzeiro

CRUZEIRO

Santos libera e Cruzeiro acerta a contratação de Leandro Damião por empréstimo de um ano

Jogador está no litoral catarinense com a família

postado em 29/12/2014 17:54 / atualizado em 29/12/2014 19:44

Gilmar Laignier /Superesportes , Bruno Furtado /Superesportes

Flickr Santos

O Cruzeiro acertou, no início da noite desta segunda-feira, a contratação do atacante Leandro Damião, por empréstimo de uma temporada. O Santos aceitou a proposta celeste e liberou o jogador. A dois dias do fim do seu contrato com o Cruzeiro, o diretor de futebol Alexandre Mattos fechou o negócio, que foi seu último ato no clube celeste.

"Houve uma reunião no Santos agora à tarde, e o diretor de futebol André Zanotta me enviou uma mensagem confirmando o negócio. O Damião é jogador do Cruzeiro em 2015. Foi fechado por empréstimo com uma opção de compra", confirmou ao Superesportes o empresário do jogador, Vinicius Prates.

Segundo o agente, o Flamengo e Atlético também tentaram a contratação de Damião. O Galo chegou a procurar o atacante antes de acertar com Lucas Pratto. De acordo com o empresário, a confiança transmitida por Mattos a Damião foi importante para a escolha do jogador.

"O Cruzeiro entrou na disputa por Damião com dois clubes e ganhou essa concorrência, mas o Damião sempre se mostrou interessado em defender o Cruzeiro, pois há muito tempo o Alexandre Mattos tenta essa contratação. O Alexandre foi decisivo nessa negociação, agradecemos muito a ele pela confiança que deu ao jogador. Ele passou muita confiança ao atleta", disse Vinicius Prates, que preferiu não falar sobre os valores do negócio. "O que eu posso dizer é que foi um negócio bom para todos, para Cruzeiro, Santos e Damião".

Leandro Damião está no litoral catarinense com a família e ainda não tem data definida para se apresentar em Belo Horizonte. "O jogador ainda ficará uns dias de férias e não definimos com o Cruzeiro a data certa da chegada dele, até porque foi fechado nesta tarde de segunda-feira", concluiu o agente do jogador.

Números

Nos últimos quatro anos, Leandro Damião foi de vice-artilheiro do Brasil, atrás apenas de Neymar, a decepção no Santos. Autor de 38 gols em jogos oficiais em 2011, o atacante balançou as redes 11 vezes em sua primeira temporada com a camisa do Peixe. Assim, nesse período, a média de Damião caiu de 0,74 gol por jogo para 0,25 (consideradas apenas partidas oficiais).

No Santos, o centroavante disputou 44 jogos, sendo 34 como titular. Autor de cinco gols em 13 partidas no Campeonato Paulista, ele anotou seis tentos em 26 rodadas do Brasileirão. Já na Copa do Brasil, em que o Peixe foi eliminado pelo Cruzeiro nas semifinais, Leandro Damião passou em branco nos cinco jogos em que esteve em campo.

Auge no Colorado

Antes mesmo de chegar ao clube paulista, o atacante já convivia com queda de rendimento. Em seu último ano no Internacional, Damião marcou apenas 13 gols em 48 jogos (45 deles como titular). No Brasileirão de 2013, ele superou os goleiros adversários cinco vezes em 26 rodadas. Assim, encerrou a temporada com média de 0,27 gol por jogo.

Os números dos dois últimos anos destoam do início de Damião no Colorado. O atacante ganhou projeção após ser autor de um gol na final da Copa Libertadores de 2010, logo em sua primeira partida na competição internacional. Ele saiu do banco de reservas para balançar as redes e ajudar o Inter a derrotar o Chivas Guadalajara, por 3 a 2. Naquele ano, ele marcou outros 11 gols.

Em 2011, Damião chegou à Seleção Brasileira e brigou com Neymar pelo posto de artilheiro do futebol nacional, com os já citados 38 gols em compromissos oficiais. Na temporada seguinte, o ritmo não foi o mesmo, mas o atacante contabilizou 24 tentos em 43 jogos, com a média de 0,55 gol por partida.

Seleção Brasileira

Convocado para a Seleção Brasileira pela primeira vez por Mano Menezes, em 2011, Leandro Damião soma 17 partidas pela equipe nacional, sendo 15 amistosos e dois jogos pelo Superclássico das Américas, contra a Argentina. O atacante tem três gols anotados.

Pela Seleção sub-23, Damião esteve nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Na campanha do vice-campeonato do Brasil, o atacante balançou as redes seis vezes.

Os números de Leandro Damião (jogos oficias por clubes)

2014: 44 jogos – 11 gols (0,25 gol por jogo)

Campeonato Paulista: 13 jogos (todos como titular) e 5 gols
Brasileirão: 26 jogos (18 como titular) e 6 gols
Copa do Brasil: 5 jogos (3 como titular) e nenhum gol

2013: 48 jogos – 13 gols (0,27 gol por jogo)

Campeonato Gaúcho: 17 jogos (todos como titular) e 8 gols
Brasileirão: 26 jogos (23 como titular) e 5 gols
Copa do Brasil: 5 jogos (todos como titular) e nenhum gol

2012: 43 jogos – 24 gols (0,55 gol por jogo)

Campeonato Gaúcho: 14 jogos (todos como titular) e 11 gols
Brasileirão: 19 jogos (todos como titular) e 7 gols
Libertadores: 10 jogos (todos como titular) e 6 gols

2011: 51 jogos – 38 gols (0,74 gol por jogo)

Campeonato Gaúcho: 13 jogos (12 como titular) e 17 gols
Brasileirão: 28 jogos (todos como titular) e 14 gols
Libertadores: 8 jogos (todos como titular) e 4 gols
Recopa Sul-Americana: 2 jogos (ambos como titular) e 3 gols

2010: 35 jogos – 12 gols (0,34 gol por jogo)

Campeonato Gaúcho: 8 jogos (7 como titular) e 4 gols marcados
Brasileirão: 25 jogos (13 como titular) e 7 gols marcados
Libertadores: um jogo (como reserva) e um gol
Mundial Interclubes: um jogo (como reserva) e nenhum gol

Tags: damiao leandro cruzeiro libertadores seriea