Cruzeiro

CRUZEIRO

Valdir Barbosa agradece serviços prestados por Júlio Baptista, mas evita falar sobre saída

Supervisor Benecy Queiroz já disse que o atleta não terá o contrato renovado

postado em 09/04/2015 16:50 / atualizado em 09/04/2015 16:59

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

Na última semana, o supervisor de futebol do Cruzeiro, Benecy Queiroz, confirmou em conversa informal com a imprensa que o meia Júlio Baptista não renovará contrato com a Raposa. Como o vínculo termina no meio do ano e o armador se recupera de uma cirurgia no joelho, ele não jogará mais com a camisa celeste. Nesta quarta, o gerente de futebol Valdir Barbosa comentou o caso.

Barbosa evitou falar formalmente sobre a saída de Júlio Baptista. Em entrevista coletiva, foi questionado sobre a situação do atleta e agradeceu os serviços prestados, em tom de despedida. “O contrato do Júlio vence no dia 31 de julho. Até quando pôde jogar, ele nos deu o retorno que a gente esperava. Ele carrega um nome muito pesado no futebol mundial, jogou Copa do Mundo. Ele chegou a Belo Horizonte com honras de chefe de estado e merecidamente”, elogiou Valdir.

“Ele teve uma importância muito grande para alavancar o nosso sócio-torcedor. Ele disputou 60 jogos e marcou 17 gols. É um índice bem respeitado para um jogador que não é um centroavante. O Júlio nunca nos deu o menor problema. Se precisávamos do Júlio, sempre contávamos com ele. Infelizmente, ele teve uma lesão de menisco”, completou o gerente de futebol celeste.

Futuro

Embora não tenha cravado que Júlio Baptista sairá do Cruzeiro em julho, Valdir deixou escapar que o futuro do jogador pode estar nos Estados Unidos ou em algum país do mundo árabe.

“Ele não pretende encerrar a carreira. Procurou um médico que é respeitadíssimo nesse aspecto. Eu conversava hoje com o presidente Gilvan a respeito do Júlio Baptista e ele disse que não podemos dizer nada sobre o amanhã. O Júlio tem pretensões de jogar nos Estados Unidos, ou nos Emirados Árabes, ou no Catar. Temos a opção de renovar, então vamos esperar mais um pouco”, despistou Valdir.

Tags: cruzeiro júlio baptista