Cruzeiro

CRUZEIRO

Diretor do Cruzeiro admite salários atrasados e atrela volta da 'normalidade' a eventual classificação sobre Atlético

Valdir Barbosa concedeu entrevista à Rádio 98 na noite desta segunda-feira

postado em 08/07/2019 21:19 / atualizado em 08/07/2019 21:26

<i>(Foto: Matheus Muratori/EM/D.A. Press)</i>
No mesmo dia em que assumiu o cargo de diretor de comunicação do Cruzeiro, o jornalista Valdir Barbosa concedeu entrevista à Rádio 98. Entre outros temas, ele admitiu, nesta segunda-feira, que os salários dos jogadores estão atrasados, mas que deverão ser quitados em até dez dias – depois, portanto, dos dois jogos decisivos pelas quartas de final da Copa do Brasil, contra Atlético. O dirigente destacou, inclusive, a importância desse clássico para o futuro da Raposa.

“Com relação ao futebol, jogadores e comissão técnica, a coisa tem sido bem tranquila. Os salários estão praticamente em dia, a diretoria vem trabalhando... (Praticamente em dia?, perguntou o entrevistador) As vezes paga com um certo atraso, mas está caminhando para ficar zerado. Creio que em 10 dias, no máximo, tenha grande possibilidade de ficar tudo quitado”, disse.

“E os jogadores tem entendido a situação. O que não pode é deixar dois meses, três meses. Isso não existe. Eu vejo a correria do presidente (Wagner Pires de Sá), do Itair (Machado, vice-presidente de futebol), para fazer as negociações. Agora vendeu o Raniel (ao São Paulo), o Murilo ao Lokomotiv (da Rússia). As coisas vão se encaixando”, complementou Valdir.

O diretor de comunicação ainda analisou a importância da classificação do Cruzeiro na Copa do Brasil. Ele atrelou a volta de 'normalidade' ao resultado positivo contra o Atlético. 

“A coisa mais importante para o Cruzeiro agora seriam os resultados contra o Atlético e também contra o River Plate. Isso nos daria uma condição bem mais tranquila de chegar ao fim do ano sem muitos problemas. Os jogadores compreendem a situação, eles confiam na diretoria”, garantiu. “A coisa está indo bem, se o Cruzeiro passa, então, em uma dessas decisões, principalmente contra o Atlético, a normalidade volta com certeza”, acrescentou, apontando que os clássicos são mais importantes até do que as oitavas de final da Libertadores, contra o River Plate.  

Vale lembrar que a Raposa vive grave crise administrativa desde o fim de maio, quando o Fantástico, da TV Globo, revelou denúncias de possíveis irregularidades em negócios feitos pela atual gestão. Os diretores são investigados pela Polícia Civil e pelo Ministério Público por suspeita de falsidade ideológica, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. 

Cruzeiro e Atlético iniciam a disputa por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil nesta quinta-feira, às 20h, no Mineirão. O jogo de volta, com mando do Galo, no Independência, está marcado para o dia 17 (quarta-feira), às 19h15. 

Tags: Valdir Barbosa cruzeiro interiormg mercadobola