Cruzeiro

CAMPEONATO BRASILEIRO

Cruzeiro sofre gol nos acréscimos e vê vitória sobre o CSA escapar em Maceió

Time celeste vencia jogo no Estádio Rei Pelé até os 48' da segunda etapa

postado em 25/08/2019 20:53 / atualizado em 25/08/2019 23:04

<i>(Foto: Pei Fon/RAW Image/Estadão Conteúdo)</i>
O Cruzeiro vencia o CSA até os 48' da segunda etapa, quando sofreu um gol de Apodi no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e perdeu a chance de somar mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Com o empate por 1 a 1 em Alagoas, a equipe celeste aumentou o período sem vencer fora de Belo Horizonte em duelos pelo torneio por pontos corridos. O último triunfo foi em 3 de junho de 2018, sobre o Ceará, no Castelão.

Apesar do empate, o time celeste controlou o ritmo da partida, teve mais volume, foi dono da posse de bola na maior parte do tempo e esteve próximo de ampliar o marcador, especialmente na etapa inicial. Fred, que marcou pelo segundo jogo seguido, foi o autor do tento mineiro.

Com o resultado, o Cruzeiro segue estacionado na 16ª posição, agora com 15 pontos. Vasco e Fortaleza, 14º e 15º, não perderam seus compromissos diante de São Paulo e Santos e aumentaram a distância na tabela. Os cariocas, agora com 20 pontos, bateram o Tricolor por 2 a 0, enquanto os nordestinos, com 18, empataram com o alvinegro praiano por 3 a 3. 

Depois do duelo no Rei Pelé, o Cruzeiro terá mais uma semana livre para trabalhar na Toca da Raposa II. O próximo compromisso, diante do Vasco, é só no próximo domingo, às 19h, no Mineirão. Vice-lanterna do Brasileirão, o CSA mede forças com o Bahia no sábado, dia 31, às 17h, na Fonte Nova. 

O jogo

A expectativa de Rogério Ceni era ter cinco jogadores bem ofensivos logo na escalação inicial do Cruzeiro. Pedro Rocha, no entanto, acabou sentindo um enjoo durante o aquecimento para a partida, já no gramado do Rei Pelé, e precisou ser trocado por Robinho na formação. 

Ainda assim, na primeira metade do tempo inicial, o time celeste teve domínio absoluto das ações de ataque, mais volume, mais posse de bola e também foi mais efetivo. Aos 10’, abriu o placar. Orejuela recebeu lançamento preciso de Robinho na direita e encontrou Thiago Neves na área. O camisa 10 cabeceou e, no rebote da defesa de Jordi, Fred marcou. 1 a 0.

Apesar do gol, o Cruzeiro não recuou a linha de marcação. Pelo contrário. Aproveitou o momento para agredir ainda mais o CSA. Aos 12’, aos 22’, aos 23’ e aos 31’, o time comandado por Rogério Ceni assustou Jordi com finalizações de Robinho, Thiago Neves, David e Marquinhos Gabriel, todas as quatro de fora da área. 

Diferentemente da primeira etapa, no tempo final o Cruzeiro deu mais espaço ao CSA para buscar os contra-ataques. Sem perder força ofensiva, o time celeste viu Marquinhos Gabriel assustar Jordi aos aos 6’, quando sua finalização raspou a trave esquerda do goleiro alagoano. O meia-atacante voltou a quase marcar aos 13’, depois de receber passe na medida de Thiago Neves, dentro da área, e acertar o travessão do CSA.

Os alagoanos também aproveitaram a nova estratégia do Cruzeiro. Aos 11’, aos 21’ e principalmente aos 24’, a equipe assustou Fábio. Na última tentativa, com Jonatan Gomez finalizando quase da pequena área, Fábio operou um milagre no Estádio Rei Pelé. O goleiro não conseguiu, no entanto, impedir o gol de Apodi aos 48'. Edilson cortou mal uma bola na grande área, Victor Paraíba ajeitou a bola de cabeça, e o lateral marcou. 1 a 1. Foi o último lance da partida. 

CSA 1X1 CRUZEIRO

CSA
Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo (Euller), João Vítor, Jean Cléber (Apodi) e Jonatan Gómez; Héctor Bustamante e Alecsandro (Victor Paraíba). Técnico: Argel Fucks

Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá e Dodô; Henrique e Robinho (Jadson); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David; Fred (Sassá). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Fred (aos 10’1ºT) e Apodi (aos 48'2ºT)
Cartões amarelos: Cacá e Jadson (Cruzeiro); Luciano Castán, João Vítor e Héctor Bustamante (CSA)

Motivo: 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data e horário: 25 de agosto de 2019 (domingo), às 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
VAR: Joao Batista de Arruda (RJ)

Tags: csaal interiormg futnacional seriea interiormg cruzeiro