Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro treina antes de viagem a Porto Alegre e pode ter mudanças em jogo decisivo contra o Grêmio

Adilson Batista elogiou jogadores que entraram na partida diante do Vasco

postado em 03/12/2019 18:30 / atualizado em 03/12/2019 19:42

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Derrotado pelo Vasco por 1 a 0, nessa segunda-feira, em São Januário, no Rio de Janeiro, o Cruzeiro treinou na tarde desta terça, no CT das Laranjeiras, casa do Fluminense, e iniciou a preparação visando ao duelo contra o Grêmio, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ocorrerá na quinta-feira, às 19h15, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Os jogadores de linha que estiveram em campo por mais de 45 minutos diante do Vasco realizaram atividade regenerativa no hotel, enquanto os reservas fizeram trabalho com bola. De acordo com o clube, o lateral-esquerdo Rafael Santos se juntará à delegação nesta quarta, em Porto Alegre.

O técnico Adilson Batista pode promover mudanças para o jogo no Rio Grande do Sul. Na coletiva após o revés para o Vasco, ele elogiou bastante as entradas de três atletas: o meia Marquinhos Gabriel, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e os atacantes Ezequiel e Fred.

“No segundo tempo acho que Marquinhos e Fred entraram muito bem, David também fez boa partida dentro do que esperávamos do lado esquerdo. Tentei com Ezequiel e o próprio Luis (Orejuela), mas infelizmente não conseguimos empatar. Tivemos 17 ou 18 escanteios. Precisamos caprichar um pouquinho mais”.

Se optar por Fred - artilheiro do time em 2019, com 21 gols -, Adilson tirará o camaronês Joel. Já o possível aproveitamento de Ezequiel entre os onze iniciais seria no lugar de David ou Pedro Rocha. O treinador definirá a equipe no treino desta quarta-feira, às 15h30, no CT do Internacional, em Porto Alegre.

Adilson confia que o Cruzeiro conseguirá bom resultado em cima do Grêmio e chegará à última rodada, contra o Palmeiras, no Mineirão, com chances de permanecer na primeira divisão. “Eu, que adoro o clube, sei do sentimento que todos estão. Mas precisamos reagir. São seis pontos em jogo. Podemos fazer três, e o adversário, concorrente nosso, não fazer nenhum. Depende da gente ainda. Vamos lutar, jogamos um dia depois deles. Futebol tem que acreditar. Eu acredito, reconheço meus objetivos e estou passando para eles aqui”.

Combinações



Obviamente, o cenário mais favorável é uma derrota do Ceará. Se isso acontecer, basta ao Cruzeiro vencer o Grêmio para alcançar 39 pontos e subir ao 16º lugar. Em caso de empate, somará 37 e levará a decisão para a última rodada, diante do Palmeiras. Até mesmo o revés não impediria o clube celeste de brigar pela continuidade na elite no domingo.

Se empatar com o Corinthians, o Ceará chegará a 39 pontos e obrigará o Cruzeiro a somar ante o Grêmio. Revés no Rio Grande do Sul confirmaria a queda matemática da Raposa à segunda divisão, pois os cearenses levam vantagem em número de vitórias (10 a 7), mesmo em uma possível igualdade de pontos no desfecho do campeonato.

Já o eventual triunfo do Ceará na quarta é o pior resultado para o Cruzeiro, que, necessariamente, teria de surpreender o Grêmio fora de casa na tentativa de evitar o rebaixamento inédito à Série B. Nessa circunstância, nem o empate serviria à Raposa, que veria seu concorrente somar 41 pontos e ficar em boas condições para seguir na Série A.

Depois de visitar o Grêmio, o Cruzeiro encerra sua participação no Brasileiro contra o Palmeiras, no domingo, às 16h, no Mineirão. Por sua vez, o Ceará enfrentará o Botafogo, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Em 14º lugar, com 42 pontos, o alvinegro carioca tem chances de obter vaga na Copa Sul-Americana de 2020.

Tags: atacante Cruzeiro Fred interiormg futnacional centroavante Adilson Batista seriea