Cruzeiro

CRUZEIRO

Edilson vê 'grande momento' para retornar ao Grêmio; empresário relata conversa com Cruzeiro

Lateral-direito foi um dos grandes vilões do rebaixamento celeste à Série B

postado em 04/01/2020 14:27 / atualizado em 04/01/2020 14:54

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

O lateral-direito Edilson, do Cruzeiro, não escondeu o desejo de voltar a vestir a camisa do Grêmio em 2020. Em entrevista à rádio Liberdade FM, do Rio Grande do Sul, o camisa 2 afirmou que esse seria “o grande momento” para alcançar esse objetivo “em função de todas as coisas que vêm acontecendo”.

“Casa eu já tenho em Porto Alegre (risos). Mas independentemente de tudo, tenho que voltar para Belo Horizonte, tenho contrato com o Cruzeiro ainda, mais um ano. Tenho que me apresentar. Há especulações. De repente posso retornar. Mas isso o Gilmar (Veloz, empresário) vai conversar com o Klauss (diretor de futebol do Grêmio). Mas a vontade, sempre deixei claro, por ter um carinho muito grande pelo Grêmio, é de um dia retornar. E esse seria um grande momento, por tudo o que vem acontecendo”, afirmou.

Gilmar Veloz, agente de Edilson, também concedeu entrevista à rádio. Ele relatou que recebeu um telefonema, em meados de dezembro, do então gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella. No contato, o clube teria informado sobre o desejo de abrir mão de alguns jogadores em função do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.

“Ele tem contrato com o Cruzeiro, ele é jogador do Cruzeiro. O Cruzeiro realmente está numa mudança lá de direção. Na metade do mês de dezembro, me ligou o então vice-presidente (na verdade, gestor de futebol) daquele grupo que tinha assumido, falando da possibilidade de saírem alguns jogadores já que os clubes rebaixados não teriam mais garantia de orçamento da TV, e todos aqueles contratos que existem. E que já estava adiantando, que teriam algumas alterações, que se tivessem qualquer coisa, que estariam abertos para conversar”, revelou o empresário. 

De acordo com informações de fontes ligadas ao negócio, que está avançado, foi o próprio Edilson que fez contato com Renato Gaúcho, técnico do Tricolor, pedindo nova oportunidade. A contratação de um lateral-direito estava na pauta do clube e, por isso, as tratativas avançaram. Ainda há certa resistência de parte da direção gaúcha, mas o interesse do treinador deverá prevalecer.

Edilson chegou ao Cruzeiro no início de 2018, meses após vencer a Copa Libertadores pelo Grêmio. Anunciado como uma das principais contratações do início da “era Wagner Pires de Sá” - presidente que acabou renunciando ao cargo após suspeitas de corrupção -, ele não conseguiu repetir a regularidade que teve no Sul. Com a camisa celeste foram 66 jogos (28 em 2019) e um gol marcado.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional gremiors mercadobola