Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro anuncia contratação de Marcelo Moreno

Boliviano desembarcará em BH nesta terça e assinará contrato de três anos

postado em 16/02/2020 19:23 / atualizado em 16/02/2020 20:33

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
O Cruzeiro oficializou, na noite deste domingo, durante o jogo diante do Patrocinense, pelo Campeonato Mineiro, a contratação do atacante Marcelo Moreno, de 32 anos. “O flecheiro voltou”, escreveu o clube em suas redes sociais.

Moreno conseguiu a rescisão de seu contrato com o Shijiazhuang Ever Bright, da China, e já está no Brasil. Ele assinará contrato por três anos com o clube celeste e desembarcará no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, na manhã desta terça-feira. O voo está previsto para pousar às 11h30

O interesse do Cruzeiro por Marcelo Moreno e o formato do negócio foram antecipados pelo Superesportes em 8 de fevereiro. Para ter o jogador, a Raposa terá auxílio de Pedro Lourenço, dono do Supermercados BH. No primeiro ano de contrato, o patrocinador pagará 50% dos salários de R$ 200 mil do atacante. Caso a equipe consiga o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, os vencimentos serão dobrados em 2021. 

Para acertar com a Raposa, Moreno deixará de receber R$ 43 milhões pelos seus últimos dois anos de contrato na China. Atualmente, ele tem vencimentos na casa dos R$ 1,7 milhão/mês.

Em áudio vazado nesse sábado, o boliviano se declarou ao Cruzeiro e reforçou o desejo de fazer parte do projeto de reconstrução. “Só dá tempo ao Cruzeiro que vamos reconstruir e voltar a ser o Cruzeiro que sempre foi. Ano que vem centenário… Isso bateu muito forte nos meus pensamentos, no que eu quero. Por isso que abri mão de muito dinheiro, quase R$ 50 milhões. É pelo Cruzeiro, é por amor ao Cruzeiro e tomara que dê tudo certo”, disse.

Passagem pelo Cruzeiro

Marcelo Moreno defendeu o Cruzeiro em duas passagens. Na primeira, entre março de 2007 e maio de 2008, marcou 21 gols em 36 jogos e foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 9 milhões de euros (R$ 23,5 milhões). A Raposa ficou com 40% do valor da negociação - por volta de R$ 9,4 milhões.

Na segunda estada, em 2014, o boliviano atuou pelo time celeste emprestado pelo Grêmio, que havia adquirido 70% de seus direitos ao Shakhtar, por 6 milhões de euros, em dezembro de 2011. Em 57 jogos, ele marcou 24 gols e conquistou dois títulos: Campeonato Mineiro e Campeonato Brasileiro.

Por mais de três anos, Marcelo Moreno foi o maior artilheiro estrangeiro da história do Cruzeiro, com 45 gols em 93 jogos. Somente em 2018 é que foi superado pelo uruguaio Arrascaeta - 50 gols em 188 partidas. Com o retorno iminente ao clube, o jogador de 32 anos tem grande chance de recuperar essa condição.

No primeiro semestre de 2008, Moreno trabalhou com Adilson Batista e conseguiu ótimos números: 15 gols em 19 jogos (média de 0,78). O treinador afirmou no último domingo, depois do empate por 1 a 1 com o América, que estava na torcida pelo retorno do artilheiro, com quem se sagrou campeão mineiro há 12 anos.

“Eu aguardo (a gestão concluir a negociação). Eu lembro que eu o treinei, era menino, em 2008. Ele e o Guilherme. Doze anos depois... O que que você acha dele? [perguntou a um repórter]. Concordo (que ele é um bom jogador). Depende da direção. Eu apenas dou o treinamento”.


Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Marcelo Moreno mercadobola