Cruzeiro

CRUZEIRO

Granata confirma candidatura à presidência do Cruzeiro; Giovanni Baroni tentará o Conselho

Eleição geral do clube será presencial e está confirmada para 21 de maio

postado em 29/04/2020 17:26 / atualizado em 29/04/2020 18:33

(Foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Ronaldo Granata disputará a presidência do Cruzeiro nas eleições do próximo dia 21. O ex-vice-presidente na gestão de Wagner Pires de Sá confirmou a decisão em breve contato com o Superesportes, na tarde desta quarta-feira. Ele deverá ser o único adversário do advogado Sérgio Santos Rodrigues, que já registrou sua chapa. 

Então pré-candidato, o empresário Giovanni Baroni optou por concorrer ao pleito de presidente do Conselho Deliberativo. Ele divulgou a decisão nesta manhã e já apresentou algumas propostas de seu plano de governo, como mudança e modernização do Estatuto, acompanhamento de investigações e fortalecimento do próprio Conselho. 

No início de abril, Baroni cogitou participar da eleição à presidência do Cruzeiro, mas desistiu da ideia. Segundo ele, a ideia surgiu para manter o Conselho Gestor na administração do clube. “Fui abraçado por todos e tenho certeza que teria os votos dos mesmos, mas a pressão da política interna desanimou todos eles”, disse.

(Foto: William Delfino/CMBH)
Baroni disputará o cargo com Luiz Carlos Rodrigues, Paulo Sifuentes e Paulo Pedrosa. Até aqui, no entanto, apenas os últimos dois já registraram suas candidaturas na secretaria do Cruzeiro. Os postulantes aos cargos têm até 11 de maio para protocolar as chapas. 

Vale lembrar que as eleições marcadas para 21 de maio definirão presidentes para mandatos-tampão, até 31 de dezembro. Se nada mudar até lá, o Cruzeiro passará por novo processo eleitoral entre outubro e novembro deste ano para definir mandatários do próximo triênio (2021-2023). Veja quem deverá disputar cada eleição no Cruzeiro:


Presidência executiva

  • Sérgio Santos Rodrigues (chapa formada com Lidson Potsch, 1º vice-presidente; e Biagio Peluso, 2º vice-presidente)

  • Ronaldo Granata (chapa ainda indefinida, mas que deverá ter Maurício Silva como 1º vice-presidente)

Presidência do Conselho Deliberativo

  • Paulo Sifuentes (chapa formada por Waldeyr de Paula, vice-presidente; Jairo Soares, 1º secretário; e Herones Marcio Lima, 2º secretário)

  • Paulo Pedrosa (chapa formada por Nagib Geraldo Simões, vice-presidente; Evandro Vassali, 1º secretário; e Marcus Lambertucci, 2º secretário)

  • Luiz Carlos Rodrigues Filho (chapa ainda indefinida)

  • Giovanni Baroni (chapa será oficializada, segundo o candidato, em em 5 de maio)