Cruzeiro

CRUZEIRO

Questionado sobre Nino Paraíba, diretor do Bahia revela conversa sobre 'vários jogadores' com técnico do Cruzeiro

Interesse celeste no lateral-direito foi revelado pelo executivo do Cruzeiro, Ricardo Drubscky, no mês passado

postado em 15/05/2020 19:05

(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri desconversou sobre os motivos que levaram o Bahia a não liberar Nino Paraíba ao Cruzeiro. O interesse celeste no lateral-direito foi revelado pelo executivo do Cruzeiro, Ricardo Drubscky, no mês passado. 

Durante a entrevista concedida ao programa Arena, da Rádio 98FM, Cerri afirmou ainda que, pela boa relação que tem com Enderson Moreira, técnico da Raposa, chegou a conversar sobre possibilidades de outros negócios além do de Régis, já anunciado pela equipe mineira. 

“A gente teve conversas sobre alguns atletas. O Enderson e eu temos boa relação, trabalhamos juntos aqui. Acabamos definindo que poderíamos liberar o Régis, meia que foi para o Cruzeiro. Foi o atleta que conseguimos conversar e chegamos ao nome dele. Os outros foram mais conversas que tivemos pela proximidade do Enderson comigo", disse.

Em meio à pandemia de coronavírus e às vésperas de enfrentar um processo eleitoral, o Cruzeiro segue em busca de reforços para seu elenco. A principal carência é a lateral direita e, por isso, o clube buscou a contratação de Nino Paraíba. Enderson tem à disposição para o setor apenas Edilson, uma vez que o jovem Valdir retornou para as categorias de base.

Sem treinar desde 17 de março, o clube celeste iniciou nesta sexta-feira as etapas de cuidados sanitários exigidos pela Prefeitura de Belo Horizonte para retornar aos trabalhos na Toca da Raposa II. Todos os funcionários e membros da comissão técnica foram testados para diagnosticar possíveis quadros de COVID-19. Os jogadores serão analisados na segunda-feira e, dependendo dos resultados, retornarão aos treinos na próxima quarta-feira.

Tags: serieb cruzeiroec interiormg bahiaba mercadobola nino paraiba