Cruzeiro

CRUZEIRO

Jadsom vê Cruzeiro empenhado na Série B e acredita em arrancada: 'Queremos mais'

Raposa venceu as duas partidas que disputou na competição nacional

postado em 15/08/2020 14:00 / atualizado em 15/08/2020 16:21

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Com duas vitórias consecutivas na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro minimizou o prejuízo dos seis pontos que devia por conta de punição na Fifa e agora busca o saldo positivo no duelo contra o Figueirense, às 16h deste domingo, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela terceira rodada. Para o volante Jadsom, os bons resultados mostram o empenho da equipe, que quer embalar na competição para brigar no topo da tabela e lutar pelo acesso à primeira divisão e o título do torneio.

“Isso não pode entrar na nossa cabeça, ainda é pouco, queremos mais. A gente vem trabalhando ao máximo, nos empenhando ao máximo, e vamos em busca dos três pontos, que é fundamental para o nosso Cruzeiro”, disse o volante.

Com os triunfos diante de Botafogo-SP (2 a 1, no Mineirão) e Guarani (3 a 2, no Brinco de Ouro), a Raposa zerou a pontuação na Série B, saiu da lanterna e ganhou fôlego para se concentrar no maior objetivo da temporada: o retorno à Série A. Dentro ou fora de casa, o time treinado por Enderson Moreira promete jogar com o propósito de alcançar o resultado positivo.

“Primeiro que jogar no Cruzeiro não é fácil. Vestir essa camisa a gente sabe que não é fácil, mas quando vestimos e entramos dentro de campo, damos o nosso máximo, nos entregamos ao máximo. Independentemente se estávamos com menos seis (pontos), hoje para nós o campeonato já começou faz tempo, e vamos nos impor para cima de qualquer adversário que for jogar contra o Cruzeiro. Vamos jogar para ganhar, para vencer, e trabalhando durante o dia a gente vem se empenhando ao máximo”, destacou Jadsom.

Na opinião do meio-campista celeste, há um grande diferença entre as Séries A e B, principalmente na intensidade do jogo. Inclusive, essa é uma das características táticas que Enderson Moreira vem cobrando do grupo.

“A Série B é um campeonato mais duro, que cobra bastante intensidade, cobra bastante de você. Mas a gente vem se preparando bem no dia a dia e é isso que o treinador vem nos cobrando, para a gente sempre se impor em cima do adversário, sempre buscando a vitória”, frisou.

 

Mescla de juventude e experiência


Umas das principais características do Cruzeiro na atual temporada é a mescla de jogadores jovens e experientes no time titular. De acordo com Jadsom, os veteranos têm orientado os mais novos durante os treinos e jogos, algo que tem sido importante para o desempenho da Raposa e o desenvolvimento dos atletas vindos da base.

“Pra gente são ídolos e sempre vamos correr por eles e eles lutando por nós. A gente vem formando uma grande família e, independente da idade, viemos para ajudar o Cruzeiro e todos são importantes no clube, do mais novo ao mais velho. Nos damos bem com eles, nos entrosamos bem, e que possamos levar o Cruzeiro para o Série A junto com eles”, concluiu.

Três volantes?

Jogador dinâmico e de muita movimentação, Jadsom formou a trinca de volantes com Jean e Ariel Cabral no duelo da última terça-feira, contra o Guarani, em Campinas. Com um belo lançamento nas costas da defesa adversária, o camisa 16 construiu a jogada que originou o primeiro gol cruzeirense. Marcelo Moreno recebeu a bola na ponta direita, foi à linha de fundo e tocou para Régis marcar.

Ao mesmo tempo em que se dedicou à função de dar cobertura ao lateral-direito Raúl Cáceres, Jadsom teve liberdade para atacar pelo lado direito. A estratégia pode ser aplicada por Enderson Moreira no duelo contra o Figueirense, neste domingo, em Florianópolis.

“Falei com o treinador. Ele tinha perguntado para mim se eu poderia fazer a função e eu falei que sim, que já tinha feito na base e cheguei, inclusive, na Copa do Brasil, em alguns jogos, joguei fazendo (a função de) terceiro volante, bem aberto. Fiz também em alguns jogos do Brasileiro Sub-20. É uma posição que pra mim não é novidade, e independente de qualquer posição, estamos aqui para ajudar o Cruzeiro, é a camisa que vestimos e representamos dentro de campo”, concluiu o volante.

Tags: serieb cruzeiroec interiormg futnacional