Cruzeiro

CRUZEIRO

Artilheiro do Cruzeiro em 2020, Maurício comemora gol decisivo e evolução com Enderson

Jogador se mostrou contente com o desempenho nas últimas partidas

postado em 16/08/2020 19:57 / atualizado em 17/08/2020 00:58

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Artilheiro do Cruzeiro em 2020, com cinco gols em 17 jogos, o meia Maurício comemorou a evolução sob o comando do técnico Enderson Moreira. Ele se recuperou de atuação apagada diante da Caldense, ainda pelo Campeonato Mineiro, e teve participações importantes nos dois duelos recentes da Raposa na Série B. Na última terça-feira, o camisa 11 sofreu o pênalti convertido por Marcelo Moreno na vitória sobre o Guarani, por 3 a 2, no Brinco de Ouro, em Campinas. Já neste domingo, anotou o tento da vitória em cima do Figueirense, por 1 a 0, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.


“Na volta da pandemia eu tive péssimo jogo contra a Caldense. Consegui suportar bem as críticas, vi que precisava melhorar, estar mais focado. Vim melhorando conforme os jogos e estou bem feliz com o meu desempenho”, celebrou Maurício, em entrevista ao canal oficial do clube no YouTube.

O gol de Maurício foi marcado em bela finalização da meia-lua, após acirrada disputa de bola na área entre três jogadores do Cruzeiro e cinco do Figueirense. O jovem de 18 anos teve competência para aliar força e direção no chute, pois a bola entrou no ângulo esquerdo, sem chance de defesa para Sidão, que teve a visibilidade prejudicada pelos atletas à sua frente.

Além de se mostrar batalhador no ataque, Maurício colaborou com o setor defensivo na recomposição do lado esquerdo. Por várias vezes, ele deu cobertura ao lateral Patrick Brey ao tentar impedir os avanços de Keké, atacante do Figueirense. Sua evolução nestes aspectos foi creditada às orientações do técnico Enderson Moreira.

“Compramos a ideia dele de ter muita ofensividade, todo mundo correr junto. Somos uma família e estamos unidos para conseguir ganhar os jogos. A gente ataca junto, defende junto. Acho que essa vitória foi para dar mais confiança ainda, mas mantendo o nosso pé no chão, porque tem muito campeonato pela frente”, analisou o meia.

Com o resultado favorável em Santa Catarina, o Cruzeiro manteve 100% de aproveitamento na Série B e minimizou o prejuízo esportivo na Fifa, que determinou a retirada de seis pontos do clube na Série B por causa de dívida de 850 mil euros (R$ 5,4 milhões) com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, referente à contratação por empréstimo do volante Denílson, em julho de 2016.

O time celeste, que saltou do 19º para o nono lugar, com três pontos, concentra-se agora no confronto com a Chapecoense, às 21h da próxima quinta-feira (20), no Mineirão, pela quarta rodada da Série B. Maurício destacou que o adversário também vem com a confiança em alta por causa do bom resultado obtido contra o Sampaio Corrêa, em Chapecó (1 a 0).

“Sabemos que é um adversário difícil, vieram de uma vitória contra o Sampaio Corrêa. É descansar bem, temos a viagem (de volta) pela noite. Descansar bem para amanhã começarmos a recuperação e os treinamentos e começamos a pensar na Chapecoense”.

Tags: meia Cruzeiro serieb interiormg futnacional Raposa Maurício